Vereadores de Feira de Santana discutem sobre política e saúde local

Aldney Bastos (Neinha): assim como João Durval, Ronaldo fará uma nova história para nossa cidade.
Aldney Bastos (Neinha): assim como João Durval, Ronaldo fará uma nova história para nossa cidade.
Aldney Bastos (Neinha): assim como João Durval, Ronaldo fará uma nova história para nossa cidade.
Aldney Bastos (Neinha): assim como João Durval, Ronaldo fará uma nova história para nossa cidade.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (11/04/2018), na Casa Legislativa de Feira de Santana, a edil Aldney Bastos (Neinha, PTB) acredita que Feira de Santana viverá novos tempos, caso José Ronaldo seja eleito governador do Estado, e voltou a criticar a saúde ofertada à Feira de Santana pelo Estado.

“Ontem em senti honrada e radiante a Deus e ao povo de Feira. O futuro governador do nosso Estado é temente a Deus e isso é importante, pois muitos pensam que o poder não passa, mas passa sim. Tudo está nas mãos do Grande eu Sou, o nosso Deus. eu agradeço a ele por me colocar neste lugar e direcionar os que nele crer. Parabéns candidato José Ronaldo”, disse Neinha.

A edil afirmou mais que aqueles que não buscam a Deus, têm a carreira interrompida e acredita que Feira de Santana viverá novos tempos. “Deus está procurando novos, tementes. Peço a Ele misericórdia e que Ronaldo continue tendo o temor do Senhor para que siga um voo rasante. Eu creio que Deus tem coisas boas para Feira de Santana e que, assim como João Durval, Ronaldo fará uma nova história para nossa cidade”, avaliou.

Segundo a edil, o prefeito Colbert Martins é filho de um homem que a maioria da população feirense conhece. “De caráter ímpar, de abraço forte. Quero dizer a ele que seja bem-vindo a esta cidade, que se coração tenha o temor a Deus para que também viva voos rasantes. Estarei aqui para lhe apoiar e orar pela sua pessoa. Sinta-se abraçado pelos vereadores. Deus abençoe essa gestão”, desejou.

Ainda no uso da tribuna, a vereadora lembrou que por várias vezes tratou criticou a Central de Regulação “Eu falei várias vezes que o povo está morrendo e que esta Central de Regulação está mais para Central de Enrolaichon, porque manda quem pode e obedece quem tem juízo. Não estou falando de Pitangueira não, estou falando do Governo do Estado que não tem compromisso e atenção com Feira”, disse.

Em aparte, o edil Marcos Lima (PRP) parabenizou a colega pelo discurso. “Vossa Excelência sempre trouxe para esta Casa as denúncias e mazelas da saúde, principalmente em relação à falta de compromisso do Estado para com nossa cidade, que de fato não tem. O quase nada que o Estado fez foi por causa de Zé Neto, pois o governador está fazendo obra eleitoreira”, observou.

Para finalizar, Neinha disse que o Estado aprendeu a fazer modinha. “Faz uma obra pequena e diz que fez grande obra”, findou.

Edvaldo Lima trata sobre saúde e posse de prefeito

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (11), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) criticou o Governo do Estado, principalmente em relação à saúde ofertada em Feira de Santana e abordou a posse do prefeito Colbert Martins Filho.

“Toda região de Feira de Santana está sendo perseguida, humilhada, pois dezenas de irmão estão morrendo nas policlínicas por falta de um hospital de emergência na cidade. O único que temos está em reforma e isso impede o atendimento. Vale lembrar que o Clériston Andrade foi construído quando Feira de Santana tinha pouco mais de 2 mil habitantes, mas hoje sua estrutura não suporta mais a demanda de Feira e região”, pontuou Edvaldo.

O vereador fez questão de ressaltar que não está se referindo ao diretor da unidade hospitalar, Pitangueira. “Ele é competente. Estou falando das ações de um governo irresponsável, que não cumpre com as obrigações em Feira de Santana. Quando candidato, Rui Costa prometeu a construção de um novo hospital geral de emergência e depois virou às costas. Ele esqueceu de Feira, abandonou nossa população e digo isso porque estava próximo do palanque quando ele prometeu essa construção”, disse.

Edvaldo questionou a postura do governador Rui Costa para as próximas eleições. “Quero saber se este governo terá coragem de voltar à nossa cidade para pedir votos. Espero que ele recue e procure cumprir com o prometido. As pessoas estão morrendo, mas para o Governo do Estado está tudo indo bem. Eu solicitei, através de indicação, a construção deste hospital geral pelo município para ver se melhora a realidade da saúde na cidade. Em minha opinião, a Justiça Eleitoral deveria punir os que prometem e não cumprem”, observou.

Ainda no uso da tribuna, o vereador Edvaldo Lima tratou sobre a posse do prefeito Colbert Martins Filho, na manhã da última terça-feira (10). “Assumiu ontem a Prefeitura e os destinos da nossa cidade. Colbert deixou claro que continuará realizando o trabalho do ex-prefeito José Ronaldo e se colocou à disposição para trabalhar e nisso nós acreditamos, pois desempenhou bem a função quando estava deputado e vem mostrando competência quando vice-prefeito. Hoje mesmo já foi à Brasília buscar recursos para colocar em prática o projeto Segundo Tempo, que visa tirar das drogas, através do esporte, jovens e adolescentes”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111207 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]