Vereador faz defesa de críticas ao Governo Municipal de Feira de Santana e liderança

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Luiz Augusto (Lulinha): estou aqui fazendo meu papel de líder do Governo e permaneci no cargo por opção do novo prefeito Colbert Martins.
Luiz Augusto (Lulinha): estou aqui fazendo meu papel de líder do Governo e permaneci no cargo por opção do novo prefeito Colbert Martins.
Luiz Augusto (Lulinha): estou aqui fazendo meu papel de líder do Governo e permaneci no cargo por opção do novo prefeito Colbert Martins.
Luiz Augusto (Lulinha): estou aqui fazendo meu papel de líder do Governo e permaneci no cargo por opção do novo prefeito Colbert Martins.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (25/04/2018), na Casa Legislativa, o edil e líder governista na Casa, Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) se defendeu das críticas feitas pelo vereador Isaías dos Santos (Isaías de Diogo, PSC) e reafirma sucesso da Micareta de Feira.

“Estou aqui fazendo meu papel de líder do Governo e permaneci no cargo por opção do novo prefeito Colbert Martins. Vou dizer aqui o que dizia nosso presidente José Carneiro, quando era líder: não sou babá de vereador. O que faço é conversar com os colegas antes da votação e orientá-los, mas não posso mandar neles. E garanto que mantenho a harmonia da Casa. Debates acalorados são normais em parlamentos, mas Isaías já está agindo assim há muito tempo, ele tem se incomodado com tudo que falo. Tudo que acontece eu converso antes e tudo é passado pelo prefeito ou para ele”, defendeu Lulinha.

O líder governista lembrou também que, na função de líder, não irá orientar colegas a votarem em projetos inconstitucionais. “Muitas vezes os colegas trazem projetos de outras cidades, mas que na nossa são inconstitucionais. É preciso lembrar que as Câmaras têm regimentos internos diferentes e precisam ser respeitados. Não vamos aprovar nesta Casa projetos inconstitucionais”, pontuou.

Micareta

Ainda no uso da tribuna, o líder governista defendeu a realização da Micareta, ressaltando o sucesso da festa, apesar das críticas de alguns colegas. Segundo ele, esteve na festa todos os dias e a rua esteve sempre lotada.

“Os blocos desfilaram, o pipoca aproveitou muito e a cidade lucra muito com isso. Com nosso comércio grande, há muitas vendas. Os hotéis, bares e restaurantes ficam lotados e o dinheiro circula. Temos aqui colegas que são contra a festa, mas é preciso lembrar que recebe muitas e muitas pessoas de fora”, afirmou.

Ainda defendendo as ações do Governo, Lulinha ressaltou que o investimento feito na Micareta não é o suficiente para construir um hospital geral, como sugeriu Edvaldo Lima (PP). “R$ 6 milhões não é o suficiente para construir um hospital geral, o Município já fez sua parte construindo o Hospital da Mulher, que muito assiste à Feira e região. Aqui em nossa cidade temos boa assistência médica, a exemplo das UPAs, policlínicas e PSFs.  Sem contar que para se construir um hospital geral é necessário recursos para sua manutenção”, findou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121775 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.