Reine Fonseca recebe maior honraria da Assembleia Legislativa da Bahia

Outorga da Comenda 2 de Julho à médica Reine Chaves, diretora do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia.
Outorga da Comenda 2 de Julho à médica Reine Chaves, diretora do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia.
Reine Marie Chaves Fonseca recebe a Comenda 2 de Julho discursa durante solenidade em que lhe foi outorgada a Comenda 2 de Julho.
Reine Marie Chaves Fonseca recebe a Comenda 2 de Julho discursa durante solenidade em que lhe foi outorgada a Comenda 2 de Julho.
Outorga da Comenda 2 de Julho à médica Reine Chaves, diretora do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia.
Outorga da Comenda 2 de Julho à médica Reine Chaves, diretora do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia.

Proposta pela deputada e médica Fabíola Mansur (PSB), também presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público, uma sessão especial homenageou na quinta-feira (19/04/2018) na Assembleia Legislativa da Bahia a médica endocrinologista Reine Marie Chaves Fonseca com a outorga da Comenda 2 de Julho, a mais alta honraria do Poder Legislativo estadual.

Devido à competência e trabalho da médica pela saúde pública do Estado, a solenidade foi bastante prestigiada, não somente por familiares da homenageada, mas principalmente por profissionais da medicina, mestres, amigos e admiradores desde a fundação do Centro de Referência Estadual para Assistência ao Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia (Cedeba).

Entre as autoridades que compuseram à Mesa, além da proponente Fabíola Mansur, estavam o também deputado Vitor Bonfim (PR); o secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas; a secretária de Políticas para Mulheres, Julieta Palmeira; a ex-secretária de Trabalho, Emprego e Renda, Olívia Santana; e o chefe do setor de cirurgias da Ufba e antigo parceiro da homenageada, Osmário Salles, entre outras. A médica Reine Marie Chaves Fonseca entrou no plenário acompanhada do músico saxofonista cubano Raul Gonzalez sob muita emoção e aplausos calorosos da plateia. Foi exibido um vídeo contendo declaração de amigos e familiares.

A deputada Fabíola Mansur abriu seu discurso afirmando que a endocrinologista “É um dos maiores exemplos de amor e devoção à medicina e ao Estado. Nossa homenageada é uma pessoa especial e respeitada, com larga folha de serviços prestados à Bahia e ao Brasil. Reine recebeu este nome em homenagem à sua tia, Reine Maria Nogueira Chaves, irmã querida de seu pai, o respeitado advogado e professor de Direito Penal, Raul Chaves”.

TRAJETÓRIA

Depois da entrega da Comenda 2 de Julho, discursou o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, enaltecendo também as virtudes da médica, para em seguida a própria fazer um pronunciamento sobre suas origens, início de vida estudantil, títulos e sua história na medicina, principalmente no Cedeba.

A deputada Fabíola também fez um relato da vida profissional da homenageada, destacando que ela possui graduação em Medicina, residência em Endocrinologia e mestrado em Medicina Interna, títulos pela Universidade Federal da Bahia. Além disso, detém curso de especialização Fellow em Endocrinologia, pela George Washington University.

Mansur justificou ainda sua homenagem afirmando que “essa mulher de fibra, que sempre pensou e pensa em salvaguardar o direito à saúde de todos os cidadãos, figura como uma das fundadoras do Serviço de Endocrinologia do Hospital Geral Roberto Santos, sendo este o primeiro passo para efetivação das garantias da população, que roga por melhorias no serviço público de saúde”.

A socialista acrescentou que a “notável médica ainda figurou como subgerente de doenças crônico degenerativas da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, tendo contribuído de maneira salutar no que tange à sensibilização dos gestores estaduais para realização de investimentos na criação de um Centro Especializado de Referência Estadual para atenção ao diabetes e doença endócrinas. Tudo isso, objetivando a promoção e a recuperação da saúde do povo baiano”.

BENEFICÍOS

Em março de 1994, tendo como uma das fundadoras a doutora Reine Chaves, foi aberto o Cedeba.

Mansur destacou que a instituição tem como objetivo utilizar um trabalho em equipe buscando prestar atenção integral ao diabetes, prestar assistência especializada através da equipe multidisciplinar, capacitar e desenvolver recursos humanos, assessorar a organização de serviços de saúde e desenvolver pesquisas em benefício da coletividade.

Em 1995 firmou convênio de cooperação técnica com o Internacional Diabetes Center (IDC), que culminou na adaptação de protocolos clínicos para atenção programada ao diabetes no Brasil e em especial na Bahia. “Como se pode notar, essa aguerrida médica vem por muitos anos lutando pela saúde do povo baiano e brasileiro. A sociedade brasileira deve muito a esta grande mulher, sendo esta homenagem mais que merecida”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115142 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.