Querem condenar o ex-presidente Lula para impedir candidatura, acusam petistas

Membros da comunidade promovem manifestação em defesa do ex-presidente Lula.
Membros da comunidade promovem manifestação em defesa do ex-presidente Lula.
Parlamentares e lideranças do PT promovem manifestação em defesa do ex-presidente Lula.
Parlamentares e lideranças do PT promovem manifestação em defesa do ex-presidente Lula.

O STF precisa ser o guardião da Constituição, respeitando o preceito constitucional da presunção da inocência, e não se curvar aos interesses daqueles que tentam prender Lula – mesmo sem provas – com o único objetivo de tirá-lo da eleição presidencial. Dessa forma, vários parlamentares do PT manifestaram as suas expectativas, em entrevista ao PT na Câmara, sobre o julgamento do Habeas Corpus de Lula nesta quarta-feira (04/04/2018) no STF.

Helder Salomão (PT-ES)

“O STF precisa ser o guardião dos preceitos constitucionais e garantir o direito não só de Lula, mas de todos os brasileiros, de terem liberdade até o trânsito em julgado da sentença. Esse é um momento grave, onde temos no País um governo que chegou ao poder por um golpe parlamentar, com apoio da mídia, do ministério público e do judiciário, e que trouxe retrocessos aos direitos do povo brasileiro. Agora, esse grupo quer manter-se no poder por meio de uma perseguição implacável ao PT e ao presidente Lula, que foi condenado em primeiro e segunda instância sem provas”.

Luiz Sérgio (PT-RJ)

“O golpe que foi dado contra a presidenta Dilma, afastada sem cometer crime, ainda não acabou. O capítulo final é impedir Lula, que está à frente de todas as pesquisas, de ser candidato na eleição de outubro. O golpe contra Dilma só foi possível porque o STF agiu como Pôncio Pilatos, lavou as mãos. Hoje esperamos que o STF não repita isso e garanta o cumprimento da Constituição”.

Valmir Assunção (PT-BA)

“Disputamos várias eleições, ganhamos e perdemos, mas nunca ninguém viu o PT questionar o resultado de eleição. Tudo o que estamos vivendo agora começou com o Aécio, que não aceitou a derrota para a Dilma e, junto com Eduardo Cunha, articulou o golpe com o impeachment. Agora, não querem deixar Lula ser candidato. O STF precisa aceitar o habeas corpus do Lula, porque o que está em julgamento é o direito de todos os cidadãos e a própria Constituição, que diz que a prisão só pode ocorrer após o trânsito em julgado”.

Caetano (PT-BA)

“O povo quer Lula de volta à Presidência da República. Não há crime cometido por Lula para condená-lo. Ainda assim, mesmo injustamente condenado ele tem o direito de aguardar o resultado final em liberdade. Querem tirar Lula no tapetão, porque sabem que no voto não tem como derrotar o melhor presidente da história do País”.

João Daniel (PT-SE)

“O Brasil tem dois caminhos a escolher. Ou teremos uma nação que garanta direitos aos 210 milhões de brasileiros, ou vamos na direção do fascismo da direita preconceituosa. A causa de Lula não pode ser apenas do PT, mas de todas as forças democráticas do País que lutam por paz e justiça neste País. O único crime cometido por Lula foi ter dado a 40 milhões de pessoas que viviam na miséria o direito de comer três vezes ao dia, de ter moradia e de colocar os filhos na universidade”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]