Prefeito e comerciantes visitam Centro Comercial Popular de Feira de Santana e revelam confiança no empreendimento

Prefeito Colbert Martins da Silva Filho apresenta centro comercial Popular de Feira de Santana.
Prefeito Colbert Martins da Silva Filho apresenta centro comercial Popular de Feira de Santana.
Prefeito Colbert Martins da Silva Filho apresenta centro comercial Popular de Feira de Santana.
Prefeito Colbert Martins Filho apresenta centro comercial Popular de Feira de Santana.

O Centro Comercial Popular alia conforto, acesso, boa localização e capacidade de atrair clientes. A opinião é do prefeito Colbert Filho, que participou de um encontro com os futuros comerciantes do local, na tarde desta terça-feira (24/04/2018), no canteiro de obras. Eles foram conhecer o equipamento, observar o andamento das obras e tirar dúvidas com relação ao empreendimento.

A construção do espaço, que terá dois mil boxes e estacionamento para 600 veículos, é resultado de uma PPP (Parceria Público Privada) firmada entre a Prefeitura de Feira de Santana e a Fundação Doimo. O investimento do município será de R$ 13 milhões e a parte do parceiro será de R$ 45 milhões, totalizando R$ 58 milhões.

Revitalização do centro da cidade

Para o prefeito, os vendedores de rua terão o melhor espaço para comerciar seus produtos. “Será um espaço que, sem dúvidas, vai revitalizar o Centro de Abastecimento e o centro da cidade”. Disse ainda que o empreendimento vai amparar as pessoas que vivem do seu serviço.

Ele definiu o novo espaço comercial como privilegiado e que é adequado para quem deseja trabalhar. “Esta área será transformada num grande centro de compras, com a chegada de novos empreendimentos”. Recentemente, o Feira Portal Center, com dezenas de lojas, foi inaugurado na avenida de Canal.

Será o maior shopping popular urbano do país, diz empresário

O presidente da Fundação Doimo,  Elias Tergilene, explicou aos comerciantes detalhes sobre a futura administração do espaço, bem como a sua estrutura física. “Aqui será o maior shopping popular urbano de todo o país”, afirmou com o conhecimento de administrar outros equipamentos semelhantes.

Explicou sobre o processo de compras mais rentável – dentro da antiga premissa de que vende bem quem compra bem. Uma das opções apresentadas é a cooperativa de compras, quando os comerciantes se unem para procurar os fornecedores para negociar melhores preços. Falou-se também sobre o horário do funcionamento. Para Elias Tergilene, o assunto deverá ser debatido com os comerciantes, por achar que os horários das vendas no atacado devem ser diferentes do varejo.

Setorização foi um dos assuntos tratados

A setorização foi um dos assuntos abordados – vendedores de produtos afins ficarão numa mesma área e destacou sobre a grandeza do local: “aqui não teremos pontos ruins”, referiu-se à localização dos boxes. Ainda disse que o shopping não terá uma praça de alimentação, mas um centro gastronômico, devido ao tamanho e a variedade.

O secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, destacou a capacidade do shopping, com relação ao estacionamento, o potencial de vendas e que outras reuniões serão realizadas, desta vez setorizadas, quando os assuntos serão debatidos com maior profundidade e todas as dúvidas serão esclarecidas.

Comerciantes estão otimistas

A comerciante Cláudia Leal, que atua no setor de eletrônicos há 11 anos, disse que está confiante com relação ao sucesso do empreendimento. “Tudo está bem estruturado e a localização nos deixa confiante”. Lusiânia Cordeiro dos Santos, que vende lanches, também disse estar muito confiante com relação ao futuro. “Não vejo a hora de começar a trabalhar aqui. O local é o adequado”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111008 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]