Prefeito ACM Neto diz a aliados que não deve se candidatar ao governo da Bahia, revela jornal Estadão

ACM Neto e José Ronaldo durante Convenção Nacional do Democratas.
ACM Neto e José Ronaldo durante Convenção Nacional do Democratas.
Bruno Reis, ACM Neto e José Ronaldo durante Convenção Nacional do Democratas.
Falta de liderança política e incapacidade de aglutinar forças sociais levam ACM Neto a desistir de candidatar-se ao governo da Bahia, nas eleições de 2018.

Reportagem de Isadora Peron e Igor Gadelha, publicada nesta segunda-feira (02/04/2018) no Jornal O Estado de São Paulo, revela que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou a aliados que não será candidato ao governo da Bahia nas eleições de 2018.

A reportagem informa que o anuncio formal da desistência da candidatura ao governo da Bahia deve ocorrer na sexta-feira (06/04/2018) e que a aliados, o prefeito tem demonstrado o desejo de continuar à frente do governo municipal.

“O prefeito tem afirmado que vai analisar o cenário até o “último momento” e que a decisão vai depender das alianças que conseguir fechar com outros partidos, como o PP e o PR. Pelas regras eleitorais, ele tem que se desincompatibilizar do cargo até sábado, 7 de abril, seis meses antes da eleição”, diz a reportagem.

“Um dos entraves para a decisão de ACM Neto é o fato de o MDB, que apoiaria a candidatura, não abrir mão de lançar o nome do deputado Lúcio Vieira Lima à reeleição. O prefeito teme o desgaste político que isso pode trazer, já que Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima e também foi denunciado no caso dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador”, pontua a reportagem.

“Aliados do DEM e de outros partidos, como PSDB, pressionam para que ele dispute a eleição, o que garantiria um palanque forte para o futuro candidato à Presidência, seja ele Rodrigo Maia (DEM) ou Geraldo Alckmin (PSDB)”, informa a reportagem.

“Caso ACM Neto não seja candidato, a avaliação desse grupo é que o atual governador, Rui Costa, que é do PT, vai se reeleger “sem dificuldades””, infere a reportagem.

“ACM Neto também tem sinalizado que, se não deixar a prefeitura, o DEM pode lançar como candidato ao governo o nome do atual prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo”, afirma a reportagem.

Sobre Carlos Augusto 9456 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).