Netflix e BuzzFeed vão lançar série de pequenos documentários jornalísticos

Netflix é uma provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, atualmente com mais de 100 milhões de assinantes. Fundada em 1997 nos Estados Unidos, a empresa surgiu como um serviço de entrega de DVD pelo correio.

Netflix é uma provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, atualmente com mais de 100 milhões de assinantes. Fundada em 1997 nos Estados Unidos, a empresa surgiu como um serviço de entrega de DVD pelo correio.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai desembolsar, no início de agosto, R$ 148 bilhões para o governo federal, sendo R$ 130 bilhões para o Tesouro Nacional e o restante para o Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), que apresenta um déficit de R$ 18 bilhões. A informação foi dada pelo presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, em entrevista coletiva em Buenos Aires, onde participou da Conferência sobre Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina.

Oliveira disse que o banco está finalizando, com o Ministério da Segurança, um edital para definir os termos pelos quais serão liberados R$ 42 bilhões, nos próximos cinco anos, para a segurança dos estados e municípios. Para este ano, está prevista a liberação de R$ 5 bilhões. Para receberem os recursos, estados e municípios terão que demonstrar condições de pagar a dívida que contraírem. Eles podem usar, como garantia, o Fundo de Participação dos Estados (FPE) – que são recursos repassados pelo governo federal aos governos estaduais.

Nova imagem

Durante o evento em Buenos Aires, promovido pela CAF (como é chamado o Banco de Desenvolvimento para a América Latina, com sede na Venezuela), Oliveira falou sobre a nova postura do BNDES que, depois dos escândalos de corrupção no Brasil, adotou medidas para aumentar a transparência e garantir a viabilidade de projetos de infraestrutura.

Agora, o BNDES publica a totalidade dos projetos nos quais está envolvido na sua página, algo que, segundo Oliveira, “nenhum outro banco do mundo faz”. A medida, disse, é para demonstrar à sociedade brasileira que “diante de tudo que aconteceu no Brasil” o BNDES “tem uma qualidade ética elevada, o que não é pouca coisa”.

Oliveira ressaltou que “nenhum funcionário do BNDES foi acusado de envolvimento” nos escândalos de corrupção. O banco, disse, foi envolvido indiretamente porque algumas empresas, financiadas pela instituição, são acusadas de pagarem propinas. Ele lembrou que a função do BNDES não é fiscalizar a forma como uma empreiteira ganhou uma licitação, mas que faz uma avaliação de risco de investimento na obra.

“O que estamos fazendo é trabalhar muito a imagem do BNDES, divulgando o que estamos fazendo às empresas e aos governos estrangeiros, e dizendo que continuamos aí, interessados em investir no desenvolvimento e para ajudar as exportações brasileiras”, disse Oliveira.

Novo foco

O presidente do BNDES disse que vai focar mais em estudos da viabilidade técnica, financeira e jurídica de projetos de integração física regional, como a segunda ponte sobre o Rio Jaguarão, na fronteira entre o Brasil e o Uruguai. Ele lembrou que existem muitos projetos para integrar a América Latina, mas apenas metade saiu do papel.

De acordo com Oliveira, uma das formas de viabilizar esses financiamentos é a Parceria Público Privada (PPP). Ben Smith, editor-chefe do BuzzFeed News, anunciou nesta quarta-feira (25/04/2018) através de sua conta no Twitter que seu veículo está se preparando para lançar uma série de pequenos documentários jornalísticos em parceria com a Netflix.

A série chamada “Follow This” deve ser um “Original Netflix”, portanto exclusiva da plataforma de streaming, e vai acompanhar em pequenos episódios de 15 minutos alguns jornalistas do BuzzFeed enquanto eles perseguem suas pautas.Em um trailer sobre a série já disponível no YouTube, temos uma jornalista do veículo explicando o que é “ASMR” ou “Autonomous Sensory Meridian Response” (Resposta Meridiana Sensorial Autônoma). Segundo ela, há uma espécie de boom de vídeos seguindo o ASMR no YouTube, com pessoas tentando produzir sons que são agradáveis para o cérebro, desenvolvidos para trazer uma sensação de satisfação ou formigamento à coluna das pessoas.

Não sabemos, contudo, quais serão os temas dos demais episódios, mas parece que a série semanal pode focar em outros comportamentos estranhos que podem ser considerados interessantes pela geração dos “Millennials” ou “Geração Y”. A nova série estreia na Netflix em 9 de julho.

*Com informações da TecMundo.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]