Manifestação em frente ao STF exige respeito à Constituição; eto em defesa de ‘Lula Livre, por eleições democráticas’

A manifestação pediu respeito ao princípio constitucional da presunção da inocência, negado a Lula, e contra prisão arbitrária do ex-presidente.
A manifestação pediu respeito ao princípio constitucional da presunção da inocência, negado a Lula, e contra prisão arbitrária do ex-presidente.
A manifestação pediu respeito ao princípio constitucional da presunção da inocência, negado a Lula, e contra prisão arbitrária do ex-presidente.
A manifestação pediu respeito ao princípio constitucional da presunção da inocência, negado a Lula, e contra prisão arbitrária do ex-presidente.

Em mais um protesto em defesa do ex-presidente Lula, o Coletivo Rosas Pela Democracia e o Comitê de Mulheres com Lula – com apoios do Núcleo de Base do Congresso Nacional Marisa Letícia e do Núcleo Defesa Democracia – realizaram na tarde desta segunda-feira (09/04/2018) um protesto em frente ao STF denominado “Respeitaço”. A manifestação pediu respeito ao princípio constitucional da presunção da inocência (Art. 5, inciso LVII da Constituição Federal), negado pela maioria do STF a Lula e que permitiu a prisão arbitrária do ex-presidente.

“Estamos firmes na defesa de Lula e da nossa Constituição. Por isso demos o nome a esse ato de ‘Respeitaço’. O ex-presidente Lula é inocente e não cometeu crime algum. E essa prisão coloca mais uma vez o nosso País nas páginas dos jornais internacionais por um motivo vergonhoso”, afirmou Cláudia Regina, uma das organizadoras da manifestação.

Com exemplares da Constituição Federal nas mãos, os manifestantes indagavam em frente ao STF, “eu respeito a Constituição. E você?”. Pelo princípio da presunção da inocência (Art. 5, inciso LVII da CF), “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]