Feira de Santana: Jornalista Reginaldo Pereira promete relançar Jornal O Cacete; veículo de comunicação é marcado por ironia crítica à sociedade

Capas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.
Capas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.

Lançado nos anos 2000, o jornal mensal O Cacete promete retornar edição em maio de 2018, informou, neste sábado (28/04/2018), jornalista Reginaldo Pereira. O veículo de comunicação ficou notabilizado pela abordagem irônica do cenário político, econômico e social de Feira de Santana e do Estado da Bahia.

Capas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.
Capas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.
Páginas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.
Páginas do Jornal O Cacete de setembro e dezembro de 2000.
Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9140 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).