Feira de Santana: Hipertensos e diabéticos recebem orientação nutricional com degustação de alimentos

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Hipertensos e diabéticos recebem orientação nutricional com degustação de alimentos.
Hipertensos e diabéticos recebem orientação nutricional com degustação de alimentos.
Hipertensos e diabéticos recebem orientação nutricional com degustação de alimentos.
Hipertensos e diabéticos recebem orientação nutricional com degustação de alimentos.

Na hora do lanche tem pessoas que não resistem a um bolo ou pastel, por exemplo, mas para ter qualidade de vida o cuidado com a alimentação é indispensável, e devem ser redobrados quando se trata de hipertensos e diabéticos. Por este motivo, pacientes do Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético de Feira de Santana (CADH) participaram na sexta-feira (06/04/2018), de orientação nutricional com degustação de alimentos ideais para a refeição.

“É importante incluir na dieta alimentos saudáveis como frutas e vegetais, que podem ser combinados de maneiras diferentes. Com um abacate, por exemplo, pode ser feito uma vitamina, além de combinações com outras frutas, como banana ou maracujá”, indica a nutricionista, Josinete Monteiro.

Segundo a profissional, saber escolher os alimentos, mesmo os industrializados é fundamental para o controle da doença. “Mesmo os alimentos ‘diet’ não podem ser ingeridos de forma descontrolada, pois nem sempre estes estão isentos de açúcares, portanto é necessário ter atenção a descrição destes produtos”, ressalta.

Com direito a mousses, bolos, gelatinas entre outras delícias feitas com ingredientes alternativos aos que são normalmente utilizados, os usuários puderam degustar e tirar dúvidas com os profissionais. Foi o caso de Diomesia Ferreira, 64 anos, uma das pacientes da equipe multidisciplinar do CADH. Ela conta que melhorou a qualidade de vida após o acompanhamento nutricional e de endocrinologia.

“Nos ensinam direitinho a alimentação e alertam o que não pode. Ás vezes a gente acaba errando na comida, o que descontrola o açúcar. Mas aqui eu recebo atendimento de tudo, minha qualidade de vida melhorou bastante”, relata a paciente Diomesia Ferreira.

Seguir as orientações no dia a dia faz toda diferença

Segundo a coordenadora do CADH, Andreia Santos, o dia-a-dia do paciente faz toda a diferença no tratamento. “A gente busca conscientizar os usuários, que além do atendimento com o endocrinologista e nutricionista, o que faz toda a diferença na saúde deles é a contribuição, no dia-a-dia, ao seguir as orientações que são dadas”, ressalta.

Atualmente, 4.133 pessoas são cadastradas no CADH. Estes usuários são atendidos por médicos clínicos, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas e endocrinologistas. Só em janeiro deste ano, 3.540 atendimentos foram realizados e mais de 39 mil em todo o ano passado (2017).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113867 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]