Dom João Carlos Petrini recebe oficialmente título de Cidadão Baiano

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
ALBA concede título de Cidadão Baiano à João Carlos Petrini, bispo diocesano de Camaçari.
ALBA concede título de Cidadão Baiano à João Carlos Petrini, bispo diocesano de Camaçari.
ALBA concede título de Cidadão Baiano à João Carlos Petrini, bispo diocesano de Camaçari.
ALBA concede título de Cidadão Baiano à João Carlos Petrini, bispo diocesano de Camaçari.

Saudado por autoridades religiosas, fiéis católicos, políticos e amigos pessoais, o bispo diocesano de Camaçari, João Carlos Petrini, recebeu, nesta quarta-feira (25/04/2018), o título de cidadão baiano. A honraria foi uma proposta do deputado estadual Bira Corôa Lula da Silva (PT), em reconhecimento ao trabalho realizado pelo religioso desde 1989, período em que chegou à Bahia.  “Esta Casa se sente honrada com a entrega desse título à tão ilustre cidadão. Dom Petrini contagia a todos com sua alegria, e sua maneira de nos conduzir na fé, com certeza, nos aponta para a construção de uma sociedade de justiça e igualdade”, disse emocionado o proponente após finalizar leitura da trajetória do homenageado.

Em seu pronunciamento, esbanjando alegria, Dom Petrini falou da sua relação com o Brasil, iniciada em São Paulo, além de ressaltar as belezas locais, que segundo ele, despertou sua atenção desde que aqui chegou. “Na Bahia, onde cheguei em fevereiro de 1989, logo me encantei pelas belezas, por isso, muito me honra a atribuição de cidadania que recebo. Ela me associa a uma multidão de baianos, ilustres ou anônimos, mas igualmente geniais, alegres, abertos e com profunda sensibilidade humana, musical, poética, religiosa, que muito aprecio”, destacou.

Mesa solene contou com a presença de Dom Gilson Andrade da Silva, bispo auxiliar da Diocese de Salvador; Yulo Oiticica, ex-deputado e representante da SJDHDS; vereador de Salvador, Joceval Rodrigues; Maurício da Silva Ferreira, reitor da Universidade Católica do Salvador; Breno Conrado, prefeito de São Sebastião do Passé; José Tude, vice-prefeito de Camaçari; Marcia Gomes, vice-prefeita de Candeias; desembargador Justino Telles; André Osmar Júnior, vigário da Diocese de Camaçari; Edson Santana, secretário municipal de Simões Filho, e Gilmar Nascimento, secretário de Desenvolvimento Econômico de Dias D’Ávila.

Trajetória

Dom Petrini nasceu na Itália, em abril de 1945. Mudou-se para o Brasil em março de 1970, após formar-se em Ciências Políticas pela Universidade Perugia-Itália. Estabelecendo-se em São Paulo, iniciou ali sua trajetória na fé católica, onde formou-se em Teologia e foi ordenado padre, em 1975. Deu continuidade aos estudos e realizou pesquisas sobre comunidades de base e as relações entre religião e sociedade durante seu mestrado e doutorado, ambos realizados na PUC-SP. Em Salvador, foi ainda Reitor do Seminário Propedêutico (de 1990 a 1998) e diretor do Instituto de Teologia da UCSAL (de 2005 a 2009).

Ordenado bispo em 2005, a autoridade religiosa ocupou inicialmente o cargo de Auxiliar da Diocese de Salvador e em 2011 assumiu a Diocese de Camaçari, que agrega 8 cidades da RMS, entre elas Candeias, onde está situado o Santuário de Nossa Senhora das Candeias, cuja festividade foi recentemente integrada ao Calendário Oficial da Bahia por força da aprovação de projeto de lei de autoria do deputado Bira Corôa. Dom Petrini é o primeiro bispo titular a ocupar o cargo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113854 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]