Brasil e Colômbia estreiam espetáculo e mostra de residência artística na 12ª edição do Vivadança Festival Internacional

Apresentação do espetáculo Super Tejido Limbo.
Apresentação do espetáculo Super Tejido Limbo.
Apresentação do espetáculo Super Tejido Limbo.
Apresentação do espetáculo Super Tejido Limbo.

Fruto de um convite do Festival Danza em la Ciudad (Bogotá) à diretora e curadora Cristina Castro, feito por Natalia Orozco, Gerente de Danza do IDARTES, a visita a Colômbia no ano passado se desdobrou, incialmente, na realização de uma residência artística com o dançarino e coreógrafo Jorge Bernal para o Balé Jovem de Salvador (BJS), companhia que trabalha com a formação profissional de jovens de 16 a 24 anos, num programa que inclui aulas de dança moderna, ballet clássico, pilates, dança afro, dentre outras linguagens artísticas. “Para nós está sendo enriquecedor ao extremo. Primeiro, que é do nosso programa esse tipo de intercâmbio. O processo de criação tem sido muito intenso. E o grupo vem tendo uma vivência muito profissional e de muita qualidade”, comenta Matias Santiago, diretor do BJS. O resultado da residência é uma ação vinculada à Mostra Latina do Vivadança e será apresentado no Espaço Xisto, nesta sexta-feira (20/04/2018), às 18 horas. A Programação completa está disponível no site: www.festivalvivadanca.com.br

Nesse intercâmbio, Bernal também apresenta na Mostra Latina, com a sua companhia Maldita Danza, o espetáculo ‘Súper Tejido Limbo’, onde aborda o masculino e o feminino, o bestial e o humano, no fluxo natural da vida, que nasce e morre, une e separa. Um ritual onde diferentes danças tradicionais e contemporâneas coexistem e onde os opostos são a principal oferenda. A apresentação será realizada no dia 21 de abril, às 18 horas, no Espaço Xisto.

“Nesse trabalho que venho fazendo com o Balé Jovem de Salvador nós temos como ponto de partida os exercícios da dança japonesa Butô e o texto “O Funâmbulo”, do escritor e dramaturgo francês Jean Genet, através desse encontro rico e diverso entre mim e eles, na forma como nos apropriamos dessa dança, dos movimentos, de onde nascem essas narrativas cênicas, situações, sons e imagens”,

Uma curiosidade é que a diretora-geral do Vivadança, Cristina Castro, já se apresentou, em 2009, no Festival Danza en la Ciudad com um dos seus trabalhos como coreógrafa: o espetáculo ‘Aroeira’, criado em parceria com o cantor e compositor Milton Nascimento.

“Em 2017, quando retornei ao como curadora, conheci da dança tradicional à contemporânea e salas de teatro do centro e da periferia de Bogotá. Artistas com vontade de trocar e de conhecer nosso país. Jorge Bernal é um deles e agora está aqui conosco. Esse é o começo, muitos outros desdobramentos estão por vir”, comenta Cristina Castro.

O IDARTES foi criado pelo Conselho de Bogotá de acordo com o acordo 440 de junho de 2010. Sua finalidade é a execução de políticas, planos, programas e projetos para o exercício efetivo dos direitos culturais dos habitantes da Capital, em relação à formação, criação, pesquisa, circulação e apropriação das áreas artísticas da literatura, artes plásticas e visuais, artes audiovisuais, arte dramática, dança e música.

O Vivadança Festival Internacional tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. É uma realização da Baobá Produções Artísticas.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA)

Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120694 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.