ALBA aprova projeto que reconhece a Feira do Livro de Feira de Santana como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado

ALBA aprova projeto, de autoria do Mandato do deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), que reconhece a Feira do Livro de Feira de Santana como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado.
ALBA aprova projeto, de autoria do Mandato do deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), que reconhece a Feira do Livro de Feira de Santana como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado.
ALBA aprova projeto, de autoria do Mandato do deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), que reconhece a Feira do Livro de Feira de Santana como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado.
ALBA aprova projeto, de autoria do Mandato do deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), que reconhece a Feira do Livro de Feira de Santana como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado.

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou na sessão da última terça-feira (24/04/2018), o projeto de Lei 22.709/2018, que reconhece a Feira do Livro, realizada no município desde 2008, como patrimônio cultural e imaterial do estado. A proposta de lei é de autoria do deputado estadual e líder do governo, Zé Neto (PT).

Em justificativa, o deputado destacou a importância de como o projeto de lei vai ajudar na organização dos próximos eventos e no crescimento cultural da cidade de Feira de Santana, com o reconhecimento desse evento artístico, cultural, educacional e literário. “Isso, com certeza, vai garantir à nossa Feira do Livro reconhecimentos extraordinários e vai ampliar os seus horizontes para buscar recursos e ainda mais visibilidade para este e demais eventos culturais da cidade. O Mandato está cumprindo um papel importante na vida da nossa cidade, da nossa literatura, da nossa arte, da nossa cultura”, afirmou.

O parlamentar ainda destaca que desde a primeira edição da Feira do Livro esteve presente como interlocutor junto ao Governo, e classificou a Feira como um dos mais importantes eventos da educação do Estado. “Mais uma vez precisamos fortalecer esse evento que, sem nenhuma dúvida, é um dos mais importantes eventos de Educação do Estado da Bahia, e o maior do interior do Estado. Os amantes da literatura, da cultura e da arte, bem como todos os Feirenses, podem comemorar essa importante conquista. Não tem como não parabenizar a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) pela iniciativa, que sempre teve o apoio do Governo do Estado para realização da Feira. Desde o começo, quando iniciada com o ex-reitor da UEFS, Zé Carlos e o Arcebispo à época, Dom Itamar Vian, a Feira surtiu um grande efeito na cidade e de lá para cá o que vimos foi uma afirmação que desaguou em um evento que trouxe mais de 70 mil pessoas em 2017, em seis dias (de 26 de setembro a 01 de outubro), já sob direção, dentre outros, do atual reitor da UEFS, Evandro de Nascimento”, concluiu.

A Feira do Livro

O Festival Literário e Cultural de Feira de Santana (Feira do Livro) nasceu da necessidade de despertar os dirigentes de instâncias públicas, privadas e filantrópicas para a importância de implementar políticas públicas do livro e da leitura na sociedade, e assim possibilitar o acesso de pessoas das diversas esferas sociais ao universo da leitura e das realizações culturais.

Neste ano, a Feira, que está em sua 11ª edição, está prevista para acontecer de  25 a 30 de setembro e pretende reunir em torno de 70 mil pessoas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120472 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.