Turismo religioso atrai visitantes à destinos da Bahia na Semana Santa

Cena da Paixão de Cristo, em Bom Jesus da Lapa.
Cena da Paixão de Cristo, em Bom Jesus da Lapa.
Cena da Paixão de Cristo, em Bom Jesus da Lapa.
Cena da Paixão de Cristo, em Bom Jesus da Lapa.

Mais de 100 mil pessoas participam das celebrações da Semana Santa em Bom Jesus da Lapa. Dentre os visitantes aguardados estão principalmente baianos e moradores de Goiás, Minas Gerais e Brasília. Localizado às margens do Rio São Francisco (780 quilômetros de Salvador), o município é um dos principais ícones do turismo religioso na Bahia e recebe 2,5 milhões de romeiros por ano.

De acordo com o reitor do santuário de Bom Jesus da Lapa, padre Devaldo Menez, o dia de maior movimentação será a Sexta-feira da Paixão (30/03/2018). A data será marcada pela Via Crucis no Morro da Lapa, onde está instalado o santuário, às 6h. Outros momentos de emoção para os romeiros serão a Procissão do Senhor Morto e a encenação da Paixão de Cristo, a partir das 18h30.

De acordo com a prefeitura, a cidade dispõe de 102 meios de hospedagem. Um deles é o Hotel Real, que deve alcançar 80% de ocupação dos 36 apartamentos até sexta-feira, segundo o proprietário Joaquim Oliveira. Com 47 quartos, o Hotel La Grutta vai receber visitantes de Minas Gerais e Brasília, garantindo ocupação de, pelo menos, 70% das vagas.

Outro importante destino do turismo religioso neste período é Serrinha (190 quilômetros de Salvador). A programação religiosa teve início no último domingo, com a realização da Procissão de Ramos, e segue até a Páscoa (1º de abril). Segundo o diretor de Turismo da Prefeitura de Serrinha, Rafael Lauris, a média de ocupação dos 25 meios de hospedagem do município deve chegar a 90%.

O auge das celebrações na cidade é a Procissão do Fogaréu, realizada sempre na Quinta-feira Santa (29). Após a missa do Lava Pés, que relembra a Santa Ceia, fiéis saem da Catedral de Serrinha em direção à Colina Santa, onde é encenada a Paixão de Cristo. Todo o caminho é iluminado pelas chamas das velas que o público leva nas mãos. A administração municipal estima em cerca de 30 mil o número de participantes do evento, incluindo baianos de outras cidades.

A Procissão do Fogaréu é realizada em Serrinha desde 1930 e reproduz os relatos bíblicos dos últimos momentos de Jesus Cristo, da prisão até a morte. A manifestação religiosa foi avaliada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) e já tem registro provisório como patrimônio do Estado. O próximo passo para o reconhecimento é a publicação de decreto-lei estadual para o registro definitivo no Livro de Eventos e Celebrações da Bahia.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120759 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.