Membros do Conselho Econômico visitam obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico realizam visita técnica às obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana.
Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico realizam visita técnica às obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana.
Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico realizam visita técnica às obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana.
Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico realizam visita técnica às obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana.

Acompanhados pelo secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico realizaram uma visita técnica, na manhã desta terça-feira (06/03/2018), às obras do Centro Comercial Popular de Feira de Santana.

Com previsão para ser inaugurado em setembro, o equipamento é considerado uma das mais arrojadas obras de engenharia que vêm sendo erguidas no Norte e Nordeste, e vai consumir recursos da ordem de R$ 50 milhões, resultado de uma Parceria Público-Privada (PPP).

Em estado bastante avançado, a obra se encontra na fase de implantação da fundação da estrutura metálica e, em seguida, será feita a colocação do piso.

O estacionamento previsto para acomodar (em vagas soltas e em trânsito duplo) 600 veículos, está sendo construído numa área de 23 mil metros quadrados. Este espaço conta com uma ‘doca’, área destinada exclusivamente para carga e descarga de veículos pesados.

“Grande Transformação”

O presidente da Câmera de Diretores Lojistas (CDL), Luís Henrique Mercês Santos, considerou o Centro de Comércio Popular, que será inaugurado em setembro, “o começo da transformação da cidade, e será a grande atração do comércio local”.

O dirigente classista atentou, ainda, para a requalificação urbana que o equipamento vai proporcionar ao Centro da cidade, com a relocação de 1.800 trabalhadores ambulantes para o novo centro de compras.

“Este Centro Comercial vai mudar o conceito do comércio, em Feira de Santana, porque ele vai possibilitar a integração da cidade à sua área de influência”, pontuou Luís Mercês.

O secretário Borges Júnior estima que cerca de dez mil pessoas, entre permissionários de boxes e consumidores, circulem diariamente no Centro Comercial. O espaço está projetado para facilitar o acesso em seus vários níveis, e todas as portas serão fechadas automaticamente, ao final do expediente.

Custo benefício

“É um grande legado que este Governo deixa para o setor produtivo da região. Trata-se de uma obra de grande dimensão socioeconômica, só comparada à própria construção do Centro de Abastecimento, há quarenta anos”, comparou Edison Nogueira Correia, vice-presidente da Federação das Indústrias da Bahia (FIEB).

Diferencial para os ambulantes

Por seu turno, o presidente do Sindicato dos Camelôs de Feira de Santana e Região, Emerson Santos Mascarenhas, entende que, do ponto de vista custo benefício, “além de gerar emprego e renda, o Centro de Comércio Popular terá como principal diferencial a infraestrutura que será oferecida aos comerciantes ambulantes”.

Mascarenhas realçou o aspecto organizacional do projeto, que prestará consultoria gratuita para os permissionários, bem como acessibilidade a linhas de crédito.

Pacto da Feira

Denominado de Pacto da Feira, o projeto busca organizar e requalificar o comércio ambulante das ruas centrais da cidade. A construção do Centro Comercial Popular é resultado de uma Parceria Público-Privada (PPP) entre o Consórcio Feira Popular S/A e a Prefeitura de Feira de Santana.

A iniciativa é resultado de incessantes discussões que envolveram todos os segmentos organizados do Comércio da cidade.

Também participaram da visita técnica José Carlos Moraes Lima, presidente do Sindicato do Comércio; Getúlio Andrade, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Feira de Santana (Sindfeira), e João Batista Ferreira, diretor da FIEB.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113876 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]