Hospital da Mulher de Feira de Santana implanta prontuário eletrônico e otimiza atendimento de pacientes

Prontuário eletrônico do paciente (PEP) é implantado no Hospital da Mulher de Feira de Santana.
Prontuário eletrônico do paciente (PEP) é implantado no Hospital da Mulher de Feira de Santana.
Prontuário eletrônico do paciente (PEP) é implantado no Hospital da Mulher de Feira de Santana.
Prontuário eletrônico do paciente (PEP) é implantado no Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Otimizar tempo, garantir agilidade no atendimento e maior segurança nas informações do paciente. Estas são as vantagens da implantação do prontuário eletrônico do paciente, o PEP, no Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Em fase inicial, a modernização com o novo sistema na unidade, através da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), tem como objetivo disponibilizar todas as informações sobre histórico do paciente, evolução do tratamento, prescrições médicas e exames solicitados. O sistema PEP oferece soluções para centralizar, armazenar e organizar estas informações com segurança.

Assim, o Hospital da Mulher otimizará o sistema de registro do paciente e, consequentemente, o acesso ao prontuário do mesmo. Através desta tecnologia, médicos, enfermeiros e demais profissionais da área de saúde têm acesso às informações que ficam integradas a todos os setores que necessitam da utilização do recurso, trazendo comodidade para os trabalhadores e pacientes, reduzindo a chance de erros.

PEP minimiza eventuais erros de registro

“O PEP vai agilizar e tornar mais eficiente o atendimento do paciente, além de minimizar a probabilidade de erro de registro e garantir que as informações referentes ao paciente ajudem no diagnóstico, tratamento e no atendimento por excelência que ele necessita”, explica o coordenador de Tecnologia da Informação (TI) da FHFS, Carlos Araújo.

Iniciada a informatização na recepção da unidade com o cadastro do paciente, o mesmo é direcionado para o setor de Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR), no qual a enfermeira colhe as informações e registra no PEP.

Destino do paciente é definido de imediato

A enfermeira do ACCR, Lícia Barbosa Lopes, explica que, no novo sistema, além de classificar a ordem de prioridade, já define o local que o paciente será encaminhado.

“Após o atendimento aqui na Classificação de Risco, definimos qual será o destino da paciente, ou seja, se encaminhada para o consultório de emergência, para retorno à unidade básica ou ainda para outra unidade hospitalar. Se ela for para o consultório, o médico terá acesso a essas informações que colhemos aqui. É um serviço que facilita muito o acesso ao registro desses atendimentos”, ratifica a profissional de saúde.

Interligado também ao Laboratório do Hospital da Mulher, foi instalado um painel de notificação que permite aos funcionários visualizarem os nomes dos pacientes e o setor do internamento. O equipamento facilita e agiliza a informação para realização da coleta laboratorial, podendo classificar o caráter de urgência ou não em relação ao exame.

Integração entre consultório e setores do hospital

Inserindo também na parte médica, o PEP auxiliará na solicitação de exames e prescrição médica, integrando o consultório médico com a Farmácia, setor de Nutrição e ao Laboratório de Análises Clínicas.

Desta forma, todo o processo ganha em agilidade, fica mais claro e visa a segurança do paciente na dispensação do medicamento (distribuir um ou mais medicamentos a um paciente) e dieta.

Em fase de construção para interligar com demais setores, o sistema será implantando também no Banco de Leite Humano (BLH) e Lactário da unidade.

Ao ser questionada sobre as principais mudanças ocorridas na FHFS, a diretora da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, afirma que seu principal objetivo é melhorar a qualidade do serviço de saúde. “Mas, para isso, é necessário treinar a equipe para o uso correto dos sistemas de informação”, pontua a gestora.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115056 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.