Frutas e legumes estão entre possíveis culturas do Baixio de Irecê

Presidente Michel Temer inaugurou Etapas 1 e 2 do projeto Baixio de Irecê, acompanhado pelo ministro Helder Barbalho e pelo presidente da Codevasf, Avelino Neiva.
Presidente Michel Temer inaugurou Etapas 1 e 2 do projeto Baixio de Irecê, acompanhado pelo ministro Helder Barbalho e pelo presidente da Codevasf, Avelino Neiva.
Presidente Michel Temer inaugurou Etapas 1 e 2 do projeto Baixio de Irecê, acompanhado pelo ministro Helder Barbalho e pelo presidente da Codevasf, Avelino Neiva.
Presidente Michel Temer inaugurou Etapas 1 e 2 do projeto Baixio de Irecê, acompanhado pelo ministro Helder Barbalho e pelo presidente da Codevasf, Avelino Neiva.
Vista do canal do projeto Baixio de Irecê. Área irrigável estimada de 59.375 hectares.
Vista do canal do projeto Baixio de Irecê. Área irrigável estimada de 59.375 hectares.

As Etapas 1 e 2 do Projeto Público de Irrigação Baixio de Irecê, inauguradas nesta sexta-feira (23/03/2018) na região do médio São Francisco baiano, adicionaram 16 mil hectares irrigáveis à estrutura local de produção agrícola. O projeto está situado em áreas dos municípios de Xique-Xique e Itaguaçú da Bahia e possui um canal de 42 quilômetros de extensão, para captação de água do rio São Francisco. As estimativas são de que essas duas primeiras etapas do projeto gerem cerca de 25 mil empregos diretos e indiretos em empreendimentos de pequeno, médio e grande portes.

Participaram do ato de inauguração o presidente da República, Michel Temer, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Avelino Neiva, entre outras autoridades – a Codevasf é a instituição responsável pela implantação do empreendimento.

“O solo desta região é um solo com uma fertilidade impressionante, então acho que é importantíssimo esse projeto para a região. No primeiro momento nós teremos aproximadamente 11 mil empregos diretos, 14 mil indiretos e 16 mil hectares. Nós temos uma área de quatro mil hectares para pequenos irrigantes e uma área de 12 mil hectares para a área empresarial”, destaca Avelino Neiva.

O presidente Michel Temer afirmou no evento que a obra é fruto de um trabalho conjunto do governo federal com o Congresso e a população. “Nós temos que trabalhar junto com o Congresso Nacional, mas, especialmente, temos que trabalhar com o povo, ouvindo a sociedade. E vocês é que foram ao Helder, ao prefeito, aos deputados, ao Avelino, e disseram: vamos concluir essa obra”, disse o presidente.

“Hoje é um dia de festa, é um dia de agradecimento, é um dia de colher aquilo que se planta. Essa região, há mais de 50 anos, esperava por esse momento”, afirmou o ministro Helder Barbalho na ocasião. “O projeto permitirá que a produção seja plena para o abastecimento das famílias, para o abastecimento da região, para garantir que o campo possa continuar sendo a locomotiva para a geração de emprego”, acrescentou.

No evento desta sexta o presidente Michel Temer anunciou a assinatura de medida provisória que facilita a obtenção de crédito para agricultores que desenvolvem suas atividades em projetos públicos de irrigação. Outra medida anunciada no dia foi a de que o presidente da Codevasf assinou autorização para que sejam realizadas todas as atividades necessárias à operação do Baixio de Irecê, inclusive supressão vegetal em área de quatro mil hectares.

Projeto Baixio de Irecê

A implantação do projeto de irrigação foi planejada para ocorrer em nove etapas – quando concluído, o Baixio de Irecê terá incorporado 47 mil hectares ao processo produtivo agrícola na região do Médio São Francisco. A expectativa é de que o projeto gere 60 mil empregos diretos e 119 mil empregos indiretos – a lista de culturas potenciais inclui frutas, legumes, algodão e cana-de-açúcar.

O projeto tem sido implantado pela Codevasf, empresa pública vinculada ao Ministério da Integração Nacional, com o objetivo de promover desenvolvimento na região semiárida – por meio de aumento da produção e da produtividade agrícolas, geração de emprego e renda e maior oferta de alimentos. Ele localiza-se na região central do estado da Bahia, a aproximadamente 500 km de Salvador.

De acordo com Ocelmario Pereira, presidente da Associação de Produtores do Baixio, a inauguração do Baixio de Irecê é a realização de um antigo sonho da região: “Isso para nós, produtores, agricultores do projeto Baixio de Irecê e da região, tem um significado imenso”.

O Baixio de Irecê

Implantação do Projeto Baixio de Irecê com área irrigável estimada de 59.375 ha, compreendendo estudos e projetos, aquisição de terras, infraestrutura básica de uso comum e medidas de proteção ambiental. Inclui ainda administração fundiária, organização de produtores, apoio em administração, operação, manutenção, assistência técnica e capacitação de técnicos e agricultores na fase de operação inicial.

Objetivo

Contribuir para o desenvolvimento da região semiárida através da agricultura irrigada, dentro da sustentabilidade ambiental, incorporando 59.375 ha ao processo produtivo; elevar a produção e a produtividade das safras agrícolas, gerando renda, aumento da oferta de alimentos e propiciando a abertura de empregos diretos e indiretos.

Localização/logística

Localizado na região do vale no médio São Francisco. Municipios Itaguaçu da Bahia e Xique-Xique.O Projeto Baixio de Irecê esta cerca de 500 km de Salvador, ao norte da Região do Médio São Francisco, no Estado da Bahia. Sua área abarca parcialmente os Municípios de Xique-Xique, Itaguaçu da Bahia e Sento Sé. O acesso à área do projeto dá-se principalmente através da Rodovia BA-052, que liga Xique-Xique a Feira de Santana, interligando-se então à malha viária nacional.

Coordenadas geográficas: Latitude: 10º 31′ S e Longitude: 42º 32” W

Justificativa: Aumentar a produção e a produtividade agrícolas mediante a introdução da irrigação; Aumentar as oportunidades de emprego no Estado da Bahia ; Promover o desenvolvimento regional;

Indicadores selecionados

População Beneficiada: 249.375

Nº Empregos diretos: 59.375

Nº Empregos indiretos: 118.750

Características básicas

Fonte hídrica: Rio São Francisco

Bacia/sub-bacia: São Francisco

Vazão requerida (m3/s): 60

Vazão atual (m3/s): 10

Energia elétrica: Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia – Coelba

Potência Requerida (kVA): 60.000

Potência Atual instalada (KVA): 64.000

Tipos de solos: Argissolos, Latossolos, Cambissolos

Principais culturas: abacaxi, abóbora, algodão, banana, cana-de-açucar, cebola, coco, mamão, melão, tomate, milho, melancia, uva.

Sistemas de irrigação preconizados: Aspersão Convencional e Localizada, Sulcos de infiltração, gotejamento e microaspersão

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110984 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]