Feira de Santana: vereador Edvaldo Lima solicita que taxistas trafeguem em faixa exclusiva para ônibus

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Edvaldo Lima: entendo que os taxistas são pais e mães de família que carecem do apoio do Município para plena realização de suas atividades.
Edvaldo Lima: entendo que os taxistas são pais e mães de família que carecem do apoio do Município para plena realização de suas atividades.
Edvaldo Lima: entendo que os taxistas são pais e mães de família que carecem do apoio do Município para plena realização de suas atividades.
Edvaldo Lima: entendo que os taxistas são pais e mães de família que carecem do apoio do Município para plena realização de suas atividades.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (28/02/2018), na Casa Legislativa de Feira de Santana, o edil Edvaldo Lima (PP) informou que dará entrada em uma indicação, junto ao Executivo, solicitando que os taxistas possam usar a faixa exclusiva de ônibus, quando no exercício da atividade.

“Segunda-feira usei a tribuna para externar minha preocupação em relação aos taxistas, mas não tinha confeccionado nenhum documento. Hoje, trago a esta tribuna a indicação número 163/2018, que solicita do Executivo a permissão para que os taxistas, no exercício da atividade, possam fazer uso da faixa exclusiva para ônibus. Entendo que os taxistas são pais e mães de família que carecem do apoio do Município para plena realização de suas atividades”, informou.

O edil acredita que não haverá qualquer impedimento para que o Executivo atenda sua indicação. “Em outros municípios isso já acontece e não vejo qualquer problema para que em Feira de Santana haja esta prática, como também não haverá problema entre as categorias. Acredito que o prefeito irá atender tranquilamente minha indicação”, avaliou.

Em aparte, o edil Alberto Nery (PT) parabenizou o colega pelo discurso e lembrou que apenas em Feira de Santana a faixa exclusiva para ônibus não é fiscalizada. “O prefeito garantiu que o dinheiro arrecadado por empresários que participam de licitações seria destinado à colocação de vias exclusivas para ônibus. Porém, em Feira isso não funciona, pois vejo carros de passeio trafegando tranquilamente pela faixa exclusiva e os motoristas não são penalizados por isso”, pontuou.

De volta com a palavra, Edvaldo afirmou que na Avenida Sales Barbosa já existe fiscalização e acredita que a faixa exclusiva irá se estender em toda a cidade.

Segurança

Ainda no uso da tribuna, Edvaldo Lima criticou a postura de alguns artistas que estão se manifestando contra a intervenção federal no estado do Rio de Janeiro. Para ele, a intervenção foi uma alternativa encontrada pelo Estado para impedir que o crime tomasse conta do Rio de Janeiro.

“Essa intervenção aconteceu porque uma banda podre da Polícia Militar estava colaborando com o tráfico no Rio de Janeiro. O Governo Federal colocou o exército nas ruas no estado para manter a ordem e gerar segurança. Aí vejo artistas criticando porque os policiais estão revistando a mochila dos estudantes a caminho da escola. Se não revistar, os traficantes que levam drogas nas mochilas vão chegar às escolas. Quem deve mandar no Estado é o Estado e não delinquentes”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113514 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]