Deputado Angelo Coronel sugere convênio entre Governo da Bahia e Obras Sociais Irmã Dulce

Deputado Angelo Coronel defende mais recursos financeiros para as Obras Sociais Irmã Dulce.
Deputado Angelo Coronel defende mais recursos financeiros para as Obras Sociais Irmã Dulce.
Deputado Angelo Coronel defende mais recursos financeiros para as Obras Sociais Irmã Dulce.
Deputado Angelo Coronel defende mais recursos financeiros para as Obras Sociais Irmã Dulce.

As Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) são uma referência nacional entre as instituições sem fins lucrativos que prestam serviços filantrópicos à população. Com o objetivo de melhorar a infraestrutura de dois centros médicos em Salvador, que fazem parte da Organização, o deputado estadual e

presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), apresentou indicação endereçada ao governador Rui Costa para que o Governo do Estado celebre convênio de R$ 550 mil com a Osid para que sejam realizados projetos nesse sentido.

No momento estão sendo executadas obras no Centro Médico e Social Augusto Lopes Pontes (CMSALP) destinado a pacientes crônicos que necessitam de internação de longa permanência. O Centro possui 140 leitos, distribuídos em três enfermarias que acolhem pacientes diabéticos, portadores de hipertensão, com sequelas de acidente vascular cerebral, infecções, outras lesões e câncer. Na mesma edificação funciona o Centro de Acolhimento e Tratamento de Alcoolistas (Cata), mantido pelo SUS e que se constitui na primeira unidade de saúde da Bahia dedicada exclusivamente ao tratamento de alcoolistas. Anualmente são realizados 10.500 atendimentos ambulatoriais e 500 internações na Unidade de Desintoxicação.

O presidente Angelo Coronel explicou que um dos principais problemas enfrentados por essas duas unidades é o da insalubridade do ambiente, devido as altas temperaturas e a ventilação insuficiente. “Essa situação além de impactar negativamente no nível de satisfação dos usuários, seus familiares e acompanhantes acaba por comprometer também a recuperação dos pacientes”, disse o presidente.

Angelo Coronel contou que em razão disso, a organização está buscando recursos para implantação de um projeto voltado para a climatização do ambiente que prevê a instalação de uma subestação de energia e instalação de equipamentos de ar-condicionado. “Para realizar a obra, a instituição está buscando a captação dos recursos, ao custo de R$ 2.050.000 (dois milhões e cinquenta mil reais). Destes, R$ 550 mil correspondem à primeira etapa, a implantação da subestação de energia e que é objeto dessa indicação”, explicou Coronel.

O presidente ressaltou que a Osid se comprometeu a captar os recursos faltantes para a aquisição dos equipamentos de climatização (segunda etapa) junto á sociedade e à iniciativa privada. “Quando realizei a histórica devolução ao Tesouro Estadual, pela Assembleia Legislativa, do valor de R$ 555 mil de recursos não utilizados no orçamento já fiz alusão, naquela oportunidade para que aqueles recursos fossem destinados à instituições que prestam assistência a pessoas carentes como a Osid. Nada mais justo que esse recurso seja destinado para tão nobre finalidade atendendo à necessidade desta que é uma das mais importantes entidades filantrópicas do Brasil”, completou Angelo Coronel.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106783 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]