Feira de Santana: para Alberto Nery, denúncia contra Wagner é para impedir candidatura à Presidência da República

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Alberto Nery: vereadores que usam esta tribuna para fazer pronunciamento contra o governador não enxergam que existe uma grande armação por trás de tudo isso.
Alberto Nery: vereadores que usam esta tribuna para fazer pronunciamento contra o governador não enxergam que existe uma grande armação por trás de tudo isso.
Alberto Nery: vereadores que usam esta tribuna para fazer pronunciamento contra o governador não enxergam que existe uma grande armação por trás de tudo isso.
Alberto Nery: vereadores que usam esta tribuna para fazer pronunciamento contra o governador não enxergam que existe uma grande armação por trás de tudo isso.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (27/02/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Alberto Nery (PT) criticou os colegas que usaram a tribuna da Casa para tratarem sobre o mandado de busca de apreensão na casa do ex-governador Jaques Wagner, realizada na manhã da última segunda-feira (26).

Para Nery, o cumprimento do mandado ocorreu em comum acordo da Polícia Federal com a Rede Globo de Comunicação, pelo fato de o nome de Wagner ter sido ventilado para substituir Lula na candidatura para Presidente da República. “Antes da PF chegar a Globo já estava na porta da casa do ex-governador. Os vereadores que usam esta tribuna para fazer pronunciamento contra o governador não enxergam que existe uma grande armação por trás de tudo isso”, avaliou Nery.

Nery disse mais que, quando houve o mandado de busca e apreensão da casa do ex-ministro Geddel Vieira Lima, não viu nenhum vereador da base do ex-ministro usar a tribuna para repercutir o fato. “Mas, quando é um possível candidato para disputar a presidência, ai um processo de 2013 sai da gaveta. Tudo isso porque o nome de Wagner foi ventilado para disputar a Presidência da República no lugar de Lula. Deixo aqui minha solidariedade a Wagner e externo minha insatisfação com tudo que estão fazendo com nosso país.  Sei que aqui muitos vereadores almejam a candidatura para deputado estadual e federal e quero lembrar que também podem ser alvo dos mesmos acontecimentos”, pontuou.

Ainda no uso da tribuna, o petista lembrou que o Governo do Estado está sendo alvo de críticas, mas que os colegas esquecem que o prefeito José Ronaldo, assim que assumiu a Prefeitura, reuniu comerciantes e ambulantes, onde prometeu organizar o centro da cidade criando o Pacto da Feira, que até o momento não está pronto. “Ele vai se afastar da Prefeitura sem colocar em prática o Pacto da Feira. Quero saber o que Colbert vai fazer para relocar 5 mil ambulantes para apenas 1800 vagas no Shopping Popular. A Zona Azul ainda não saiu do papel. A Prefeitura cumpre, sequer, a troca das lâmpadas da cidade.  O BRT é inexistente, mentiroso, foi uma forma de jogar fora R$ 90 milhões; quero uma audiência pública para tratar do assunto”, disparou.

Para concluir, Nery lembrou que diante de tantas promessas não cumpridas pelo prefeito, os vereadores da base governistas insistem em críticas as obras do Governo do Estado. “Chamam as obras do Clértiston de puxadinho, não lembram da construção das policlínicas e demais obras realizadas pelo Estado em nossa cidade”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112926 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]