Baiano é primeiro lugar em medicina na UNICAMP

João Victor Almeida de Oliveira Santos é primeiro lugar em medicina na UNICAMP.
João Victor Almeida de Oliveira Santos é primeiro lugar em medicina na UNICAMP.
João Victor Almeida de Oliveira Santos é primeiro lugar em medicina na UNICAMP.
João Victor Almeida de Oliveira Santos é primeiro lugar em medicina na UNICAMP.

João Victor Almeida de Oliveira Santos poderia ser apenas um garoto esforçado que gosta de estudar o corpo humano. No entanto, o garoto mostrou ser o orgulho para o ensino baiano. O aluno do Curso Integral-interseção foi o primeiro lugar no vestibular de Medicina Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e oitavo lugar na Universidade de São Paulo (USP), curso que possui o nível mais difícil do Brasil em Medicina.

O aluno representou o Brasil na Olimpíada internacional de Biologia, em 2018, e ganhou Medalha de ouro. “O João Victor é um aluno muito focado e determinado. Quando entrou no cursinho, sonhava em ter o mesmo êxito da nossa ex-aluna Ana Luísa Smith Rocha (aprovada em Medicina em 2015, em primeiro lugar na USP e na UNICAMP), que era passar em primeiro lugar em Medicina na Unicamp”, disse Luciene Prates, Coordenadora das Turmas Olímpicas do Colégio Integral e do Curso Pré-Vestibular Integral-Interseção.

Gabriel Santana Leão dos Anjos, outro aluno do Integral-interseção, foi primeiro lugar também em Medicina, mas na Universidade de Brasília (UNB), além de ter sido aprovado também em Medicina na USP. “Geralmente são alunos que fazem aqui mais de um ano de curso e que já têm em mente, desde cedo, o curso que querem fazer e qual a faculdade que querem estudar. Aqui no Integral-interseção, temos um foco muito forte para quem vai prestar o vestibular para Medicina. Além de tudo, trabalhamos desde 1998 com os conteúdos cobrados pela USP e Unicamp”, disse Prates.

A instituição de ensino tem professores, em sua maioria, com mestrado e alguns com doutorado em suas áreas de atuação. Isso ajuda nas aulas, já que o nível de aprofundamento requerido pelos vestibulares é alto e todos esses professores extraem o máximo dos conteúdos abordados, tornando elevada a abordagem desses conteúdos. Além disso, as turmas são menores, o que facilita muito o aprendizado dos alunos.

“Outro foco do Curso Integral-Interseção é possuir turmas específicas para vestibulares específicos. Todos os alunos que saem da Bahia para cursar o Instituto Tecnológica de Aeronáutica (ITA) e o Instituto Militar de Engenharia (IME), são alunos para os quais fazemos um trabalho direcionado desde a primeira série do Ensino Médio. Esses vestibulares são os mais difíceis do Brasil, são bastante conteudistas e possuem um grau de dificuldade que extrapola o Ensino Médio normal das escolas”, disse a Coordenadora. O Curso Integral-Interseção é reconhecido como o lugar de referência em aprovação no ITA e no IME na Bahia e uma prova disso é que, em 30 anos de trabalho, nos últimos 15 anos há aprovados no ITA e no IME. O destaque de 2017/2018 é o aluno Leonardo Andrade Joau e Silva. Estudante ainda do Ensino Médio, da Turma ITA, Joau conquistou a aprovação tanto no ITA e no IME, quanto na Bahiana em Medicina.

É nessa atmosfera de muito estudo e dedicação, que o professor de Física Humberto Prates salienta para os alunos a realidade do processo e do objetivo final: “treinamento difícil, combate fácil”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110032 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]