Reportagem da Revista Época diz que ex-ministro Geddel Vieira Lima está disposto a delatar; político é aliado de ACM Neto

Reportagem da Revista Época diz que Geddel Vieira Lima está disposto a delatar.
Reportagem da Revista Época diz que Geddel Vieira Lima está disposto a delatar.
Reportagem da Revista Época diz que Geddel Vieira Lima está disposto a delatar.
Reportagem da Revista Época diz que Geddel Vieira Lima está disposto a delatar.

Reportagem de Murilo Ramos, publicada na Revista Época desta segunda-feira (11/01/2018), afirmam que, O ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso em Brasília desde setembro de 2017, está disposto a negociar acordo de delação premiada, por saber que sua situação jurídica é difícil.

Segundo a reportagem, Geddel enfrenta dois problemas na delação. O primeiro é que o operador do MDB Lúcio Funaro detalhou informações, em delação, que poderiam ser ditas por ele. O outro, é que Geddel resiste a citar amigos do MDB, incluindo o presidente Michel Temer. Sem isso, as chances de a colaboração prosperar são mínimas.

Aliança

Na Bahia, Geddel Vieira Lima estabeleceu aliança política com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), indicando o vice-prefeito, Bruno Reis (PMDB).

Foi a administração de ACM Neto que aprovou a construção irregular do edifício La Vue Ladeira da Barra. Investigações revelaram que o ex-ministro Geddel era proprietário e sócio do empreendimento. Além deste caso, o ex-coordenador-geral da Defesa Civil de Salvador Gustavo Pedreira do Couto Ferraz foi preso pela Polícia Federal no transcurso da Operação Tesouro Perdido.

Ferraz foi nomeado para o cargo por ACM Neto. Nos R$ 51 milhões apreendidos pela Polícia Federal (PF) estavam as impressões digitais do ex-servidor do município. Ele se tornou colaborador da justiça e responde a ação judicial cumprindo medidas de restrição de liberdade.

Caixa para campanha

Em pronunciamento realizado em 5 de setembro de 2017 na Câmara de Deputados, o deputado federal Jorge Solla (PT-BA) comentou sobre conivência do prefeito ACM Neto (DEM) com o aliado Geddel Vieira Lima (MDB) e afirmou que dinheiro atribuído ao ex-ministro, encontrado em malas e caixas, era para financiar campanha de ACM Neto ao governo da Bahia, em 2018.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9607 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).