Salvador: após dois dias de sessão, Tribunal do Júri absolve médica Kátia Vargas por maioria de votos

Cena do julgamento da médica Kátia Vargas Leal Pereira

Cena do julgamento da médica Kátia Vargas Leal Pereira

A médica Kátia Vargas Leal Pereira foi absolvida por maioria de votos na sessão do júri finalizada no início da noite desta quarta-feira (06/12/2017) no Salão do Júri I do Fórum Ruy Barbosa. A médica era acusada de ter provocado a morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, de 21 e 23 anos, após acidente de trânsito ocorrido no dia 11 de outubro de 2013, no bairro de Ondina, em Salvador. Os jurados se reuniram desde terça-feira (5) .

Antes da leitura da sentença, diante do tumulto formado no salão, a juíza Gelzi Maria Almeida Souza, que presidia o julgamento, determinou que o espaço fosse evacuado para preservar a segurança de todos os presentes.

A sentença foi lida logo em seguida. O Tribunal do Júri considerou improcedente a denúncia oferecida pelo Ministério Público.

Na decisão, a juíza Gelzi Souza cita que os promotores Davi Gallo e Luciano Assis deixaram a sala secreta (onde os jurados votaram) e o plenário “sem assinar o termo de votação dos quesitos” e a ata, “numa atitude deselegante e desrespeitosa com o Tribunal do Júri”.

Baixe

Sentença do Tribunal do Júri de Salvador sobre o caso da médica Kátia Vargas Leal Pereira

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]