STJ torna réu conselheiro do TCE paulista por envolvimento no caso Alstom

Fachada do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Fachada do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Fachada do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu tornar réu e afastar do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) o conselheiro Robson Marinho.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na quarta-feira (18/10/2017) tornar réu e afastar do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) o conselheiro Robson Marinho. Ele é acusado de corrupção passiva qualificada e lavagem de capitais na investigação conhecida como “caso Alstom”.

De acordo com a decisão do STJ, ele permanecerá afastado até o fim da instrução do processo, “por incompatibilidade absoluta do exercício do cargo com a natureza dos crimes apontados”.

Robson Marinho foi secretário da Casa Civil do Estado de São Paulo no período de 1995 a 1997 e é conselheiro do TCE desde abril de 1997.

Marinho é acusado de ter recebido cerca de US$ 3 milhões em propinas da multinacional francesa Alstom entre os anos de 1998 e 2005. O valor foi depositado em uma conta na Suíça no nome de uma empresa offshore.

Segundo o Ministério Público, o conselheiro recebeu propina da Alstom para favorecê-la em um aditivo do projeto Gisel, da Eletropaulo, companhia paulista da área de energia elétrica.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110959 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]