Mata de São João – Praia do Forte: Projeto Tamar comemora 35 anos de amor às tartarugas marinha

Felipe Prazeres regendo Orquestra Petrobras Sinfônica.Felipe Prazeres regendo Orquestra Petrobras Sinfônica.
Felipe Prazeres regendo Orquestra Petrobras Sinfônica.

Felipe Prazeres regendo Orquestra Petrobras Sinfônica.

Serão 35 milhões de filhotes protegidos até o final desta temporada, uma grande conquista para a conservação marinha no Brasil. Até o final desta 35ª temporada de reprodução das tartarugas marinhas (2017-2018), conheceremos o Filhote 35 Milhões protegido pelo TAMAR. Há 35 anos, sua mãe foi uma das primeiras tartaruguinhas nesta história, que partiu das nossas praias para o mundo, seguiu por rotas transoceânicas, escapou de diversas ameaças, amadureceu e finalmente vai desovar na sua praia natal.

No sábado, dia (21/10/2017), às 20h00, o TAMAR vai anunciar na Praia do Forte-BA a chegada do Filhote 35 Milhões com trilha sonora da Orquestra Petrobras Sinfônica – OPES, em um concerto duplamente comemorativo: aniversário de 30 anos de parceria com a OPES e 35 anos do Projeto TAMAR junto com a Petrobras. A apresentação inédita é gratuita.

O momento é significativo para quem trabalha com a conservação das tartarugas marinhas todo esse tempo, hoje, cerca de 1.800 pessoas no Brasil, e para os milhares de amigos que acreditam e participam da causa, conta o oceanógrafo que fundou o Projeto TAMAR, Guy Marcovaldi, que até hoje investe todo seu tempo e energia para proteger as tartarugas marinhas e os oceanos.

Uma nova geração de tartarugas marinhas volta agora, após 35 anos, às praias onde nasceu para desovar pela primeira vez.

Como principais resultados e conquistas que o Projeto TAMAR compartilha com todos, destacam-se: de recuperação das populações das cinco espécies de tartarugas marinhas. A tendência e ocorrem no Brasil (4 espécies com tendência de aumento e uma espécie estável).

. Proteção a aproximadamente vinte sete mil (27.000) ninhos por ano,

. Estimando alcançar na temporada 2017-2018 trinta e cinco milhões de filhotes de tartaruga protegidos,

. Monitoramento das principais áreas de desova de tartarugas marinhas do litoral brasileiro, o que corresponde a cerca de mil e cem (1.100) quilômetros de praia,

. Coleta sistemática de mais de 35 anos de dados padronizados,

. Registro sistemático e padronizado de dados sobre envolvimento comunitário,

. Mil e oitocentas (1.800) oportunidades de trabalho criadas nos últimos 35 anos, sendo a maioria para as comunidade locais,

. Quinze milhões (1.000.000) de visitantes nos Museus do TAMAR por ano.

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. Com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, hoje o Projeto é a soma de esforços entre a Fundação Pró-TAMAR e o Centro Tamar/ICMBio. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

Visite www.tamar.org.br

Agenda

Data e hora: 21/10/2017, às 20h00

Local: Projeto TAMAR Praia do Forte, Mata de São João, Bahia.

Data e hora: 21/10/2017, às 17h00

Local: praia da igreja, ao lado do Projeto TAMAR Praia do Forte, Mata de São João, Bahia

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]