Feira de Santana: profissionais fazem atualização de emergência pediátrica em anemia falciforme

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Profissionais do Programa de Anemia Falciforme de Feira de Santana participam de curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador.
Profissionais do Programa de Anemia Falciforme de Feira de Santana participam de curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador.
Profissionais do Programa de Anemia Falciforme de Feira de Santana participam de curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador.
Profissionais do Programa de Anemia Falciforme de Feira de Santana participam de curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador.

Para prestar uma melhor assistência à população, profissionais do Programa de Anemia Falciforme do município de Feira de Santana participaram nesta terça-feira (17/10/2017), de um curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador. O encontro teve como objetivo uniformizar protocolos e condutas nas emergências pediátricas, com foco na padronização e resolutividade.

Luciana Brito, coordenadora do Programa de Anemia Falciforme, informa que anualmente participa dessas atualizações. “A troca de experiências com outros gestores da área traz contribuições importantes para a saúde da criança, a assistência farmacêutica e o tratamento de pacientes. Tivemos um encontro revigorante com pessoas comprometidas em melhorar cada vez mais o atendimento ao paciente portador da doença falciforme”, afirma.

A coordenadora ressalta que novos conhecimentos devem ser aplicados nos serviços oferecidos pelo município. “Um novo encontro estadual dos serviços já está previsto entre abril e maio de 2018. Buscamos sempre a participação para proporcionar uma melhor qualidade de vida aos pacientes”, informa.

O evento contou com a presença de representantes do Ministério da Saúde, médicos dos Serviços de Referência e Ambulatório Especializados e profissionais de diversas instituições de saúde pública.

Doença falciforme

A doença falciforme é uma das doenças genéticas e hereditárias mais comuns no Brasil e está presente em 1 a cada 17 nascidos na Bahia. Os sintomas são fortes dores nos ossos, músculos e articulações, cansaço, anemia, olhos amarelados (icterícia), insuficiência renal aguda e feridas (úlceras).

O serviço especializado para portadores da doença é oferecido de forma gratuita pela Rede Municipal de Saúde no Centro de Referência, localizado na Unidade Básica de Saúde (UBS) CSU, no bairro Cidade Nova.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113602 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]