Vereador critica descaso do Governo do Estado com Aeroporto de Feira de Santana

Cadmiel Pereira: a cidade de Feira de Santana, com quase 700 mil habitantes, um milhão de pessoas no seu entorno, recebe verdadeiramente o descaso do Governo do Estado.
Cadmiel Pereira: a cidade de Feira de Santana, com quase 700 mil habitantes, um milhão de pessoas no seu entorno, recebe verdadeiramente o descaso do Governo do Estado.
Cadmiel Pereira: a cidade de Feira de Santana, com quase 700 mil habitantes, um milhão de pessoas no seu entorno, recebe verdadeiramente o descaso do Governo do Estado.
Cadmiel Pereira: a cidade de Feira de Santana, com quase 700 mil habitantes, um milhão de pessoas no seu entorno, recebe verdadeiramente o descaso do Governo do Estado.

O vereador Cadmiel Pereira (PSC), durante pronunciamento na tribuna da Casa Legislativa de Feira de Santana na sessão ordinária desta terça-feira (26/09/2017), criticou o descaso do Governo do Estado com o Aeroporto de Feira de Santana. Para o edil, não existe interesse do Estado em investir no desenvolvimento do município. Ele cobrou a implantação de políticas públicas para cultura, logística e mobilidade.

“A cidade de Feira de Santana, com quase 700 mil habitantes, um milhão de pessoas no seu entorno, recebe verdadeiramente o descaso do Governo do Estado, contando em tese com apenas uma viagem num domingo à tarde pelo seu aeroporto. Feira de Santana é uma cidade comercial, com seu Centro Industrial estabelecido, com toda uma região para poder atender e encontra um discurso dizendo que não há demanda para ter um aeroporto em Feira de Santana. A quem quer convencer? ”, criticou.

O vereador cobrou a implantação do voo prometido pelo governador Rui Costa durante voo inaugural de Feira de Santana para Campinas. “Até quando o governo do estado vai brincar com Feira de Santana? Até quando não teremos aquela viagem bonita, aquele voo que foi feito com o governador e os empresários, prometendo que iria implantar o voo diário? Agora, abortou a missão, o aeroporto não tem estrutura. Quem tem estrutura é Vitória da Conquista, Barreiras e Feira de Santana com quase um milhão de pessoas não tem estrutura? ”, questionou.

Para Cadmiel, o aeroporto dispõe de estrutura para oferta de voos diários para atender a classe empresarial, os políticos e toda sociedade. “Não estamos pedindo carinho partidário, mas políticas públicas de logística, cultura, mobilidade. O aeroporto tem sim condições de ter demanda, voos para os grandes centros urbanos, porque Feira de Santana é um grande centro urbano, uma cidade pujante”, finalizou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109691 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]