Sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF), sob a presidência da ministra Cármen Lúcia

Sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF), sob a presidência da ministra Cármen Lúcia

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 votos a 5, que o ensino religioso nas escolas públicas pode ter natureza confessional, isto é, que as aulas podem seguir os ensinamentos de uma religião específica.

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 votos a 5, que o ensino religioso nas escolas públicas pode ter natureza confessional, isto é, que as aulas podem seguir os ensinamentos de uma religião específica.