Pesquisa Ipsos: desaprovação ao ex-presidente Lula cai e rejeição ao juiz Sérgio Moro dispara

Infográfico do Jornal Estadão sobre pesquisas Ipsos. Pesquisa do instituto Ipsos mostra que aprovação ao ex-presidente Lula cresceu em setembro de 2017, ao mesmo tempo que rejeição ao juiz de Curitiba também aumentou.Infográfico do Jornal Estadão sobre pesquisas Ipsos. Pesquisa do instituto Ipsos mostra que aprovação ao ex-presidente Lula cresceu em setembro de 2017, ao mesmo tempo que rejeição ao juiz de Curitiba também aumentou.
Infográfico do Jornal Estadão sobre pesquisas Ipsos. Pesquisa do instituto Ipsos mostra que aprovação ao ex-presidente Lula cresceu em setembro de 2017, ao mesmo tempo que rejeição ao juiz de Curitiba também aumentou.

Infográfico do Jornal Estadão sobre pesquisas Ipsos. Pesquisa do instituto Ipsos mostra que aprovação ao ex-presidente Lula cresceu em setembro de 2017, ao mesmo tempo que rejeição ao juiz de Curitiba também aumentou.

Pesquisa mensal do Instituto Ipsos divulgada neste domingo (24/09/2017) mostra que a aprovação do povo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cresceu em setembro. E, enquanto Lula sobre, o levantamento apontou que a rejeição ao juiz Sérgio Moro também tem registrado forte crescimento.

Segundo o Barômetro Político, publicado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, a desaprovação a Moro atingiu seu recorde de 45%. Enquanto isso a aprovação de Lula foi de 32% para 40%. Entre agosto e setembro, Lula foi o político com a maior taxa de aprovação, segundo o instituto. A rejeição a Lula também caiu de 66% para 59%.

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) teve a sua rejeição no maior patamar: de 56% para 63%, e a parcela que o aprova caiu ainda mais, para 19%. O senador Aécio Neves alcançou uma rejeição de 89%. Mas o número mais impressionante é a desaprovação ao presidente golpista Michel Temer (PMDB): de 94%.A aprovação de 3% fica na margem de erro.

Já o governador de São Paulo Geraldo Alckmin teve aprovação de apenas 13% e desaprovação de 75%. O prefeito de São Paulo João Doria teve apenas 16% de aprovação.

As impressões foram colhidas nos primeiros 14 dias de setembro. Pesquisa CNT/MDA, divulgada também nesta semana, mostra que Lula lidera as intenções de voto em todos os cenários avaliados. A intenção de voto estimulada em Lula varia, nos três cenários, entre 32% e 32,7% para o primeiro turno. No segundo turno, a intenção de voto estimulada fica entre 39,8% e 42,8%.

No levantamento que aponta a intenção de voto espontânea, Lula fica à frente dos demais nomes com 20,2% no primeiro turno.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]