Governador Rui Costa acusa prefeito ACM Neto de tentar impedir ações do estado que objetivam melhorar vida da população

Governador Rui Costa diz que prefeito ACM Neto, ao tentar inviabilizar gestão estadual, prejudica população.

Governador Rui Costa diz que prefeito ACM Neto, ao tentar inviabilizar gestão estadual, prejudica população.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (12/09/2017), o governador Rui Costa (PT) criticou severamente o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), por atuar contra a administração estadual, ao tentar inviabilizar ações do governo que objetivam melhorar a qualidade de vida da população.

Para exemplificar a denúncia, Rui Costa citou duas situações que expressam atitudes fascistas e distópicas do prefeito ACM Neto.

Segundo o governador, ACM Neto manteve contato com o prefeito de Barreira e pediu que a administração municipal não celebrasse convênio com Governo do Estado, para a construção de rodovia na região.

A segunda denúncia diz respeito a empréstimo financeiro a ser contraído pelo Governo da Bahia. Ao abordar o assunto, o governador Rui Costa reafirmou o que foi denunciado pelo deputado federal Robinson Almeida (PT) e pelos senadores Otto Alencar (PSD) e Lídice da Mata (PSB), revelando que ACM Neto usou o Partido Democratas como instrumento de pressão política junto ao presidente Michel Temer (PDMB/SP) para impedir que o empréstimo de R$ 600 milhões seja efetuado. O agente financeiro da operação é o Banco do Brasil. A denúncia foi formalizada no Senado Federal.

O governador concluiu a denúncia lamentando que políticos como ACM Neto atuem com perversão, prejudicando a população com a finalidade de auferir ganhos políticos e poder.

No campo da teoria política, as ações atribuídas ao prefeito ACM Neto são classificadas como fascista e distópica, por usar mecanismos antidemocrático e antirrepublicano com a finalidade de auferir ganho pessoal.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook do JGB

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]