Feira de Santana: vereador reafirma denúncia e parabeniza secretário de Cultura

José Menezes (Zé Filé): o paciente de que tratei aqui ontem me afirmou que, se precisar, ele vai comigo até a secretária de Saúde confirmar minha denúncia.
José Menezes (Zé Filé): o paciente de que tratei aqui ontem me afirmou que, se precisar, ele vai comigo até a secretária de Saúde confirmar minha denúncia.
José Menezes (Zé Filé): o paciente de que tratei aqui ontem me afirmou que, se precisar, ele vai comigo até a secretária de Saúde confirmar minha denúncia.
José Menezes (Zé Filé): o paciente de que tratei aqui ontem me afirmou que, se precisar, ele vai comigo até a secretária de Saúde confirmar minha denúncia.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (20/09/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador José Menezes Santa Rosa (Zé Filé, PROS) reafirmou a denúncia feita na manhã da última terça-feira (19), de que um paciente do bairro Viveiros teve que remarcar pela terceira vez um atendimento ao dentista e parabenizou o secretário Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Edson Borges, pela atenção dada a ele.

“Quero informar ao líder do Governo na Casa, vereador Luiz Augusto de Jesus, Lulinha, que o paciente de que tratei aqui ontem me afirmou que, se precisar, ele vai comigo até a secretária de Saúde confirmar minha denúncia de que ele teve que remarcar pela terceira vez uma consulta com um dentista do posto de saúde do Viveiros, pois ontem não tinha material para higienização dos aparelhos. O nome do paciente é Demerval Almeida dos Santos”, afirmou Zé Filé.

Ainda no uso da tribuna, Zé Filé parabenizou a atitude do secretário Edson Borges que, antecipadamente, passou para ele o valor que a Prefeitura de Feira irá receber com a realização do show do artista Luan Santana, em novembro, no estádio Joia da Princesa. “Parabenizo o secretário Edson Borges, que já me falou na sessão em comemoração ao Aniversário de Feira quanto o Município irá receber com o show de Luan Santana. Será R$ 30 mil. Acho pouco pelo gasto que o Município terá depois para reparar os danos. Terá que pagar água, luz, reparar o gramado e mais. No final não fica nada. Vejam outras casas de show, a exemplo do Cajueiro, que cobra este valor de R$ 30 mil com a capacidade bem menor que o Joia”, pontuou.

Em defesa ao Governo Municipal, o líder Lulinha lembrou que o Cajueiro é um espaço luxuoso e conta com algumas vantagens. “O Cajueiro foi revitalizado e hoje é um espaço de alto luxo, contando inclusive com cobertura e estacionamento. O Joia não tem cobertura, isso ficará por conta da produção da festa. Mas, vejo que o valor que a Prefeitura irá receber é bom”, avaliou.

Par finalizar, Zé Filé disse que certamente após custear as despesas do pós-festa os recursos serão insignificantes. “Com certeza esses R$ 30 não darão para reparar os danos causados ao local pela festa”, findou

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110996 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]