Feira de Santana: desfile do 7 de Setembro é lazer para a criançada e reflexão para os adultos

Desfile de 7 de Setembro em Feira de Santana.
Desfile de 7 de Setembro em Feira de Santana.
Desfile de 7 de Setembro em Feira de Santana.
Desfile de 7 de Setembro em Feira de Santana.

Para os adultos, prestigiar o desfile de 7 de Setembro significa homenagear as pessoas que deram a vida para que o Brasil se tornasse independente de Portugal. Para as crianças, o evento tem um significado diferente: ver o desfile militar, principalmente do Exército, é o atrativo.

Bianca Simões tem 9 anos. Nos braços do pai viu o desfile da tropa do 35º Batalhão de Infantaria. “Eu gosto de ver os soldados marchando. Tudo igualzinho”, diz.

Roberto Carlos Souza Simões é o pai de Bianca. Policial militar da ativa, sabe o valor histórico e cultural que o 7 de Setembro tem para o povo brasileiro. “Faço questão de trazer a família para que todos valorizem o sacrifício que foi feito para que hoje a gente tenha liberdade. Serve também de reflexão sobre esses escândalos que estão acontecendo no nosso país”, explica.

Pietro Sena não tirou os olhos da avenida Presidente Dutra. O desfile dos militares encantou o garoto de 7 anos. Mesmo ainda pequeno, já sabe qual profissão seguir. “Quando eu crescer quero ser soldado”, afirma. Rubens Sena é motorista e pai de Pietro. Para ele, o desfile deveria servir para “acordar” o povo. “Temos que dar nosso grito de independência e nos livrar dos políticos corruptos”, pontua.

Jonas Nascimento dos Santos, de 11 anos, também se encantou pelos soldados. Para ele, a farda e as armas são o motivo para ir ver o desfile cívico. “É muito legal ver os soldados desfilando porque a roupa é bonita e tem muitas armas legais”, destaca.

Desfile

E assim como a criançada, milhares de pessoas foram à avenida Presidente Dutra na manhã de quinta-feira (07/09/2017), prestigiar o desfile cívico militar em comemoração ao Dia Nacional da Independência. Após o hasteamento das bandeiras de Feira, da Bahia e do Brasil, com a participação do prefeito José Ronaldo, foi dado início ao desfile.

O desfile contou com a participação do Exército, Polícia Militar, grupos escolares e de fanfarras, entre outras entidades. “Em 7 de setembro de 1822 um grito de liberdade ecoou pelo país e se perpetuou até hoje graças ao esforço de cada brasileiro”, afirmou o comandante do 35º Batalhão de Infantaria, tenente coronel Claudio Eduardo Bouças.

O prefeito José Ronaldo lembrou o atual momento político que o país vive. “Essas ações que estão acontecendo no país estão passando o Brasil a limpo. E nessa data importante o povo comparece à avenida Presidente Dutra comemorando a nossa independência, que passa também por essas questões, mostrando que não se pode mais viver como vínhamos vivendo neste país”, acentua o prefeito.

Fanfarra de Bonfim de Feira mantém viva tradição do 7 de Setembro

Uma tradição que passa dos 20 anos, a comemoração pela Independência do Brasil movimentou o distrito de Bonfim de Feira nessa quinta-feira, 7, à tarde. Mais uma vez a Fanfarra Amor por Bomfim (FAMAB) comandou o desfile cívico.

Fundada em 1994, a fanfarra atua em eventos culturais e educacionais da região, e conta com 70 integrantes. A fanfarra faz parte do Projeto Escola na Avenida, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Esse ano o desfile foi de fardamento novo, entregue pela prefeitura.

Para a dona de casa Maria Rita Nascimento participar das comemorações pela Independência é emocionante. “Desde criança venho pra rua ver essa festa linda. Fico emocionada porque lembro quantas pessoas perderam a vida pra nosso país ser livre”, relembra.

A estudante Patrícia Souza Costa vai à comemoração por dois motivos. “É importante manter essa tradição de nosso distrito e também prestigiar a fanfarra que faz um trabalho lindo”, avalia.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112673 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]