Estudantes apresentam projetos sobre avanços tecnológicos em Feira de Santana

Estudantes participam da Feira de Ciências do Colégio Estadual Menino Jesus de Praga, em Feira de Santana.

Estudantes participam da Feira de Ciências do Colégio Estadual Menino Jesus de Praga, em Feira de Santana.

Os avanços tecnológicos nos meios de comunicação de massa, no transporte, na saúde e dos brinquedos, do século XVIII até os dias atuais, foram destaques na Feira de Ciências do Colégio Estadual Menino Jesus de Praga, em Feira de Santana (a 108 Km de Salvador), no Centro Norte baiano. A atividade, com o tema “A tecnologia em foco”, foi realizada de segunda (04/09/2017) até esta quarta-feira (06), com o objetivo de estimular o protagonismo estudantil e estimular o estudo da Ciência em sala de aula.

Durante os três dias de atividade, cerca de 650 alunos apresentaram 21 projetos. A turma de Júlia Santiago, 14, 8º ano, desenvolveu pesquisas relacionadas à evolução da TV e do Rádio. “Pesquisamos sobre a evolução histórica da TV e do Rádio, estes meios de comunicação tão populares e acessíveis. Construímos maquetes de TVs, aparelhos de rádio e uma câmera filmadora com materiais de baixo custo, como papelão e isopor, cabos de vassoura, fios e lâmpada”, contou a estudante.

Para falar da evolução tecnológica do telefone, a equipe de Ilana Gonçalves, 16, do 9º ano, construiu um protótipo de satélite. “Criamos maquetes, cartazes e gravuras para contar a influência da tecnologia no telefone. Após as pesquisas, buscas e entrevistas, pensamos em fazer algo diferente para chamar a atenção. Então, pensamos em construir um satélite feito com caixa de papelão, bolas de isopor, papel laminado e palito de churrasco. Assim, mostramos como acontece a transmissão dos celulares até a torre e o satélite. Essa atividade me despertou um interesse muito grande pela tecnologia”, afirmou.

Os estudantes do 2º ano do Ensino Médio apresentaram como aconteceu a evolução dos automóveis. “Aqui estamos mostrando desde a construção do primeiro automóvel, em 1800, até os dias atuais”, explica Kevin Felipe dos Santos, 15, que acrescenta: “Construímos uma mini-pista automobilística e maquetes de modelos de automóveis e levantamos informações sobre fontes de alimentação que são usadas, e sobre os principais acidentes causados por veículos. A evolução aconteceu, mas estamos voltando no tempo”, afirma.

O professor de língua portuguesa, Jorge Mota, elogiou a dedicação e a criatividade dos estudantes. “Eles realizaram trabalhos excelentes, participaram com muito empenho e dedicação. A nossa intenção é que os alunos busquem o conhecimento e isso passe a ser rotineiro. Um trabalho diferenciado incentiva bastante. Estão de parabéns”, destacou.

A diretora da unidade escolar, Ednalva Ramos, diz que a atividade contribui para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. “Tudo isso ajuda a desenvolver o lado investigativo dos alunos. Quando a gente faz atividades como esta, estimulamos os estudantes a buscarem ler, escrever e a usarem a criatividade”, ressaltou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]