Deputado denuncia pressão de ACM Neto para presidente Michel Temer impedir liberação de empréstimo para Bahia; Político é acusado de tentar sabotar Governo Rui Costa

Prefeito ACM Neto ri das maldades que pratica contra o povo da Bahia, criticam parlamentares.Prefeito ACM Neto ri das maldades que pratica contra o povo da Bahia, criticam parlamentares.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, adversário do governador Rui Costa, quer inviabilizar o empréstimo de R$ 600 milhões que o Governo do Estado captou junto a Banco Internacional para recuperação de estradas, educação e infraestrutura. A denúncia foi feita nesta segunda-feira (04/09/2017) pelo deputado federal Robinson Almeida (PT-BA).

“No estilo da perseguição do seu grupo político, Neto, aliado de primeira hora do presidente golpista, pressionou Temer para segurar os recursos do povo da Bahia”, afirmou o parlamentar. Ele explica que há uma semana foi assinado o pedido de desembolso do empréstimo, última medida para o dinheiro ser depositado na conta do Governo da Bahia, mas até agora nada aconteceu.

“Com a proximidade do envio de nova denúncia pelo MP, Temer vai precisar comprar apoio político pra se livrar de ser investigado pelo STF. Por isso, usa o bloqueio do empréstimo para obter o apoio dos deputados liderados de Neto na votação na Câmara”, disparou Almeida.

Para ele, Neto age na contramão do que afirma em seus discursos. “Neto, que prega a renovação, usa os métodos mais antigos de fazer política. Ao perseguir Rui, Neto e Temer prejudicam todo o povo baiano”, diz.

Senadora Lídice da Mata diz que ACM Neto tenta sabotar Governo Rui Costa

Em vídeo, encaminhado na sexta-feira (01/09/2017) ao Jornal Grande Bahia, a senadora Lídice da Mata (PSB/BA) reafirma a denuncia de obstrução política do empréstimo financeiro ao governo da Bahia, protagonizada pelo prefeito de Salvador, neto do deputado do Golpe Civil/Militar de 1964, ACM.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).