Defesa do presidente Michel Temer pede acesso a gravações que podem anular delação de executivos do Grupo J&F

Presidente Michel Temer foi acusado pelo procurador-geral da República de participar de esquema de corrupção do Caso Lava Jato.Presidente Michel Temer foi acusado pelo procurador-geral da República de participar de esquema de corrupção do Caso Lava Jato.
Presidente Michel Temer foi acusado pelo procurador-geral da República de participar de esquema de corrupção do Caso Lava Jato.

Presidente Michel Temer foi acusado pelo procurador-geral da República de participar de esquema de corrupção do Caso Lava Jato.

A defesa do presidente Michel Temer pediu há pouco ao Supremo Tribunal Federal (STF) acesso a gravações da JBS que motivaram a abertura do processo de revisão do acordo de colaboração de Joesley Batista, Ricardo Saud e Francisco e Assis e Silva, delatores ligados à JBS. A questão será avaliada pelo ministro Edson Fachin, relator do caso.

A possibilidade de revisão ocorre diante das suspeitas dos investigadores do Ministério Público Federal (MPF) de que o empresário Joesley Batista e outros delatores ligados à empresa esconderam informações da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Nesta segunda-feira (04/09/2017), ao comunicar a abertura do processo de revisão das delações, o procurador-geral, Rodrigo Janot, disse que mesmo se os benefícios dos delatores forem cancelados, as provas contra as pessoas citadas devem ser mantidas. No entanto, a decisão final sobre a validade das provas cabe ao Supremo.

Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]