“ACM Neto é Michel Temer desde criancinha!”, critica deputado Robinson Almeida ao abordar uso da justiça como forma de censura togada

ACM Neto é um dos políticos que apoiaram a assunção antidemocrática de Michel Temer, além de apoiá-lo a manutenção no poder e a política de retirada de direitos sociais.
ACM Neto é um dos políticos que apoiaram a assunção antidemocrática de Michel Temer, além de apoiá-lo a manutenção no poder e a política de retirada de direitos sociais.
ACM Neto é um dos políticos que apoiaram a assunção antidemocrática de Michel Temer, além de apoiá-lo a manutenção no poder e a política de retirada de direitos sociais.
ACM Neto é um dos políticos que apoiaram a assunção antidemocrática de Michel Temer, além de apoiá-lo a manutenção no poder e a política de retirada de direitos sociais.

Em nota encaminhada neste domingo (03/09/2017) ao Jornal Grande Bahia, o deputado Robinson Almeida (PT/BA) criticou o uso da Justiça como instrumento de censura togada à liberdade de informar a sociedade sobre os vínculos políticos que conectam o presidente da usurpação democrática Michel Temer (PMDB/SP) ao neto do Golpe/Civil Militar de 1964, ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador.

A crítica do parlamentar evidência não apenas os vínculos políticos que unem ACM Neto e Michel Temer através do Golpe Parlamentar de 2016, bem como demonstra o servilismo do Poder Judiciário aos representantes do conservadorismo/reacionário, ao suspender a propaganda do PC do B, no rádio e na TV, que informa: “Todos os deputados comandados por ACM NETO votaram em peso para manter o governo Temer”.

Observa-se que, neste contexto, envergonham a nação os magistrados que obstruem o direito da sociedade, através dos partidos políticos, informarem sobre atitudes de políticos, a exemplo do prefeito ACM Neto.

Confia o teor da nota

Parece a volta da ditadura. O prefeito de Salvador e seu partido, DEM, conseguiram que a justiça tirasse do ar a propaganda do PC do B, no rádio e na TV, que afirmava a seguinte verdade: “Todos os deputados comandados por ACM NETO votaram em peso para manter o governo Temer”.

Porque Neto quer esconder do povo baiano o seu apoio ao governo golpista de Temer? Não pode tapar o sol com a peneira. Vamos aos fatos:

1 – Neto orientou os seus deputados federais a votarem a favor do golpe institucional que colocou Temer no poder;

2 – Neto participa diretamente do governo federal. Indicou seu liderado, Silvio Pinheiro, para comandar o FNDE, Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. O DEM comanda o MEC.

3 – Neto e sua bancada apoiaram todas as medidas de Temer. A terceirização, a reforma trabalhista e o congelamento por vinte anos dos recursos da educação, saude e assistência social foram aprovadas com os seus votos.

4 – Os deputados federais liderados por Neto votaram pra salvar Temer da investigação da denúncia de corrupção passiva feita pelo MP.

5 – Neto apoia a reforma da previdência, joia da coroa de Temer pra retirar o direito do povo se aposentar.

Não precisa falar mais nada. Contra fatos não há argumentos. Só censura!

Robinson Almeida

Deputado Federal PT-BA

Sobre Carlos Augusto 9517 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).