14ª rodada da Agência Nacional de Petróleo oferta 27 blocos na Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
ANP oferta 27 blocos de petróleo e gás natural na Bahia.
ANP oferta 27 blocos de petróleo e gás natural na Bahia.
ANP oferta 27 blocos de petróleo e gás natural na Bahia.
ANP oferta 27 blocos de petróleo e gás natural na Bahia.

A 14ª Rodada de Licitações da Agência Nacional de Petróleo (ANP) oferece 27 blocos na Bacia do Recôncavo da Bahia. Os blocos em oferta abrangem os municípios de Itanagra, Mata De São João, Pojuca, São Sebastião Do Passé, Teodoro Sampaio, Terra Nova, Alagoinhas, Araças, Aramari, Camaçari, Catu, Dias d’Ávila e Entre Rios.

A 14ª Rodada tem por objetivos ampliar as reservas e a produção brasileira de petróleo e gás natural, ampliar o conhecimento das bacias sedimentares, descentralizar o investimento exploratório no país, desenvolver a pequena indústria petrolífera e fixar empresas nacionais e estrangeiras no país, dando continuidade à demanda por bens e serviços locais, à geração de empregos e à distribuição de renda.

Ao todo, na 14ª Rodada de Licitações, serão ofertados 287 blocos em 29 setores de nove bacias sedimentares, totalizando área de 122.615,71 Km2.

Bacia madura

A Bacia petrolífera do Recôncavo da Bahia é classificada como madura, ou seja, já foi densamente explorada e oferece oportunidades às empresas de pequeno e médio porte nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural. Os bônus de assinatura mínimos variam entre R$ 44,5 mil e R$ 141 mil.

Em julho de 2017, a Bahia produziu 32.107 barris de petróleo e 7,4 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O Estado da Bahia possui 114 campos e 105 blocos exploratórios.

Autorização

O certame está autorizado pela Resolução CNPE nº 06/2017, de 11 de abril de 2017 e publicada no Diário Oficial da União em 20/04/2017.

Confira vídeo

Sobre Carlos Augusto 9648 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).