Vereador Roberto Tourinho diz que eleição da presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana deixou cicatrizes

Roberto Tourinho: nunca me esquecerei desse acontecimento.

Roberto Tourinho: nunca me esquecerei desse acontecimento.

Durante pronunciamento na sessão ordinária da Casa Legislativa de Feira de Santana, nesta segunda-feira (21/08/2017), após parabenizar o edil José Carneiro (PSDB) por este ter logrado êxito na eleição para Presidência da Casa, o vereador Roberto Tourinho (PV) externou sua decepção por não ter tido o apoio necessário para se eleger presidente.

Referindo-se a José Carneiro, ele declarou: “Vossa Excelência é um vereador experiente, com quatro mandatos, obteve uma expressiva votação. Seguramente, reúne as condições necessárias para fazer um bom trabalho. Que Deus lhe ilumine e que lhe dê sabedoria nessa missão lhe confiada pelos colegas vereadores”.

Em seguida, Tourinho citou um poema de Carlos Drummond de Andrade, para externar sua insatisfação com o referido processo eleitoral. “No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho. Tinha uma pedra. No meio do caminho tinha uma pedra. Nunca me esquecerei desse acontecimento. Na vida de minhas retinas tão fatigadas. Nunca me esquecerei que no meio do caminho. Tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho. No meio do caminho tinha uma pedra”.

Ele disse que já participou de várias eleições da Câmara e sabe como “isso” acontece. “Um dia Abraham Lincoln disse: ‘Eu estou grande demais para chorar e dolorido demais para sorrir’. Esse processo, sem sombra de dúvida, deixou cicatrizes. Na última sexta-feira, eu dei entrada, no Gabinete do prefeito, em um ofício protocolando e pedindo ao prefeito que exonerasse os poucos cargos que tenho no Governo; deixei o prefeito extremamente à vontade”.

Tourinho acrescentou: “há um princípio bíblico que diz: ‘A quem lhe for dado mais, mais lhe será cobrado. A quem lhe for dado menos, menos lhe será cobrado’. Quem tiver ouvidos para ouvir, que ouça: não me cobre nada. Há outro princípio bíblico que eu admiro muito: ‘Muitos são chamados, mas poucos são os escolhidos’. Meus colegas vereadores, eu já vi muito isso na minha vida: o caminho do céu é longo, a porta é estreita, não passam todos, todos não entram no céu. Então, tomem muito cuidado com o canto da sereia”, alertou.

O edil fez questão de ressaltar que cumpre o 7º mandato de vereador por mérito.  “Não é por causa do deputado A, não é por causa do deputado B. Eu não estou há sete mandatos nesta Casa não é pelo prefeito A e não é pelo prefeito B. Sou vereador em Feira de Santana pelos meus amigos e aqueles que conhecem a minha história e que, ao longo dos anos, sempre confiaram e votaram comigo. Não vendo a minha alma, não delego poderes para o exercício do meu mandato, respeito a todos. Vou concluir dizendo: não me cobre nada”.

Confira vídeo

Redes sociais do JGB

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]