Vereador pede providências no combate à violência em Feira de Santana

Cadmiel Pereira: nas propagandas do Governo do Estado está tudo lindo e perfeito, mas vemos todos os dias farmácias, padarias, lotéricas e outros comércios sendo assaltados.
Cadmiel Pereira: nas propagandas do Governo do Estado está tudo lindo e perfeito, mas vemos todos os dias farmácias, padarias, lotéricas e outros comércios sendo assaltados.
Cadmiel Pereira: nas propagandas do Governo do Estado está tudo lindo e perfeito, mas vemos todos os dias farmácias, padarias, lotéricas e outros comércios sendo assaltados.
Cadmiel Pereira: nas propagandas do Governo do Estado está tudo lindo e perfeito, mas vemos todos os dias farmácias, padarias, lotéricas e outros comércios sendo assaltados.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (29/08/2017), na Casa Legislativa de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) tratou sobre o crescimento do índice de violência na Bahia e pediu mais ação do secretário Estadual de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa.

“Aconteceu um fato que me causou muita estranheza: o secretário Estadual de Segurança Pública do Estado da Bahia, sem qualquer ordem judicial, mandou grampear o telefone de um desembargador. De onde veio esta ordem? Quem mandou grampear este telefone? A que situação chegamos. Lembro que há tempos o comandante geral do Estado da Bahia foi assaltado quando fazia caminhada. Se ele foi assaltado, imagine nós”, relatou e abordou a falta de segurança também em Feira de Santana.

“Feira de Santana está entregue à violência. Está faltando inteligência e capacidade para assegurar à sociedade o que está na Carta Magna: Segurança é dever do Estado e direito de todos. Hoje, até os que moram na zona rural são vítimas da violência. Agora é preciso ter um telefone para ficar sempre fazendo contato, pois a violência também assola estes locais”, pontuou.

Para Cadmiel, é preciso saber do secretário Maurício Barbosa quais providências serão tomadas para conter a criminalidade. “A PM não conta com os recursos necessários para combater a violência. Nas propagandas do Governo do Estado está tudo lindo e perfeito, mas vemos todos os dias farmácias, padarias, lotéricas e outros comércios sendo assaltados. Não há possibilidade de andar nos centros urbanos sem correr o risco de sermos assaltados. É preciso que o secretário diga qual o seu papel, porque na prática não vemos nada”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111168 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]