Vereador José Carneiro amplia apoios e deve ser eleito presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana

Vereador José Carneiro amplia adesão e deve ser eleito presidente.
Vereador José Carneiro amplia adesão e deve ser eleito presidente.

O líder do Governo Ronaldo, na Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), deve ser eleito nesta terça-feira (15/08/2017) presidente do Poder Legislativo Municipal. A eleição é decorrente da morte do presidente Reinaldo Miranda (Ronny, PHS) ocorrida na quinta-feira (10).

Segundo fontes do Jornal Grande Bahia, um acordo entre os vereadores da base de sustentação do prefeito José Ronaldo (DEM) permitiu que não ocorresse disputa para presidência da Câmara, possibilitando que José Carneiro apresente candidatura única. Observa-se que dos 21 vereadores, 19 fazem parte da base ronaldista.

Derrotados

As fontes do JGB revelaram que quatro políticos apresentaram pré-candidaturas à presidência da Câmara: vereadores Ewerton Carneiro (Tom, PEN), Roberto Tourinho (PV), Marcos Lima (PRP) e Gerusa Sampaio (DEM).

O presidente interino da Câmara, vereador Ewerton Carneiro (Tom), pleiteou a presidência abordando colegas durante a sessão de segunda-feira (14). Segundo fontes do JGB, as abordagens deselegantes do parlamentar causaram certo desconforto entre os edis. As fontes informaram, também, que ocorreu oferta de cargos por votos.

O vereador Roberto Tourinho foi descartado como presidente em decorrência do vínculo com o deputado Targino Machado (PPS). As atuações independente do vereador e do deputado Targino Machado são observadas com certo distanciamento pelo prefeito José Ronaldo e, obviamente, não seria interessante para o alcaide ter aliados que não seguiam a liderança dele e que possam divergir da escolha para sucedê-lo em 2020.

O edil Marcos Lima conseguiu arregimentar substantivo apoio e, possivelmente, deva assumir a liderança do governo Ronaldo. O cargo ficará vago caso José Carneiro seja confirmando como novo presidente.

A vereadora Gerusa Sampaio não conseguiu adesões significativas para a presidência da Câmara, sendo rapidamente descartada como opção do grupo ronaldista.

Vitoriosos

Neste cenário, confirmada a eleição de José Carneiro, pode-se inferir que dois políticos saem vitoriosos do pleito, o prefeito José Ronaldo e o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). A análise é decorrente do fato de José Carneiro apoiar o deputado, sendo ambos filiados ao PSDB, partido presidido no município por Carlos Geilson.

O deputado Carlos Geilson apresenta perfil conciliatório e afirmou, reiteradamente, ser liderado de José Ronaldo. Observa-se que mesmo dispondo de poucos cargos no governo municipal, Geilson sempre optou pela subordinação a liderança do alcaide feirense.

Disputa em 2020

No grupo de José Ronaldo, dois políticos disputam abertamente a sucessão do prefeito em 2020, Carlos Geilson e Targino Machado.

Neste aspecto, com perfil independente, Targino Machado é derrotado, na medida em que não tem um liderado no comando da Câmara Municipal.

Observa-se que a ideia de independência que Targino Machado tenta construir não passa de mera aparência. Na prática, o parlamentar é um mero liderado do prefeito ACM Neto, por não repudiar as atitudes fascistas do alcaide da capital. Observando que o deputado jamais criticou ACM Neto pela falta do apoio à integração metrô/ônibus e pelo apoio ao boicote do empréstimo de R$ 600 milhões ao Estado da Bahia. Empréstimo vetado pelo presidente Michel Temer e denunciado no Senado da República como evidente violação ao Pacto Federativo, sendo avaliado, o boicote, como ato atentatório ao interesse do povo baiano.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9321 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).