Vereador Alberto Nery comenta sobre reordenamento do centro comercial de Feira de Santana

Alberto Nery: a desordem não é apenas no centro e sim nos bairros.
Alberto Nery: a desordem não é apenas no centro e sim nos bairros.
Alberto Nery: a desordem não é apenas no centro e sim nos bairros.
Alberto Nery: a desordem não é apenas no centro e sim nos bairros.

No tempo do grande expediente, na sessão ordinária desta quarta-feira (30/08/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), o vereador Alberto Nery (PT) tratou sobre a reorganização do centro comercial de Feira de Santana. Segundo ele, é preciso acordo entre o Poder Público e os comerciantes para que não haja insatisfação.

“Torcemos para que a cidade possa ser de fato reordenada, mas não posso deixar de me ater à forma como este reordenamento está acontecendo. A desordem não é apenas no centro e sim nos bairros, que têm donos de bares colocando cadeiras no meio das ruas impedindo o acesso das pessoas e a Prefeitura nunca foi lá para fazer sequer uma notificação. Na Marechal ninguém consegue mais andar com tanta desordem. Eles permitem e depois querem fazer uma ação de forma agressiva. O responsável por tudo isso é o prefeito”, pontuou Nery.

Em aparte, o edil Pablo Roberto (PHS) afirmou que há pontos críticos que precisam ser tratados com cuidado. “O Governo está fazendo o que é preciso para realizar o reordenamento e está acontecendo melhor que imaginávamos. Os feirantes entenderam a nossa necessidade e reconhecem que organizando é melhor para eles. E, vale lembrar que neste processo há momentos que fogem ao controle e precisamos usar a força, mas as pessoas estão reagindo bem”, tranquilizou.

De volta com a palavra, Nery afirmou que é preciso que as pessoas sejam notificadas antes de serem relocadas. “As pessoas também precisam decidir se querem ou não ser reordenadas, pois têm o direito de continuar onde estão. Depois do viaduto do Tomba já está virando feira livre, é preciso ter cuidado. A prefeitura permite e depois quer agir de forma truculenta. Queremos uma Feira organizada e ordeira”, pontuou.

Pavimentação

Ainda no uso da tribuna, Nery ressaltou que a Rua Andaraí recebeu a rede de esgoto, mas não houve reparo do pavimento. “Já tem três meses que o serviço foi feito e até hoje a Prefeitura não fez a obra de reparo e a rua está lá aberta. Já oficializei a Embasa e fui informado que nesses casos a contrapartida para o reparo é do Município”, disse.

Em aparte, o líder do Governo na Casa, vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), afirmou que a contrapartida para reparação do solo é de responsabilidade da empresa terceirizada da Embasa. A informação foi contestada por Nery que recebeu o apoio de Marcos Lima (PRP). “A contrapartida é do Município, já solicitei esse reparo que ainda não foi realizado por conta das chuvas”, justificou Marcos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109706 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]