TRF4 decide manter indisponíveis bens da Organização Odebrecht

A Organização Odebrecht é um conglomerado empresarial brasileiro de capital fechado que atua em diversas partes do mundo nas áreas de construção e engenharia, química e petroquímica, energia, entre outros.
A Organização Odebrecht é um conglomerado empresarial brasileiro de capital fechado que atua em diversas partes do mundo nas áreas de construção e engenharia, química e petroquímica, energia, entre outros.

Em sessão de terça-feira (22/08/2017), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre, decidiu manter indisponíveis os bens da Odebrecht.

A 3ª Turma do tribunal reconheceu, por unanimidade, existência de vício no acordo de leniência firmado entre a construtora e o Ministério Público Federal (MPF), “uma vez que seria necessária a participação da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Advocacia-Geral da União (AGU), conforme prevê a lei”.

Após o acordo de leniência ter sido firmado, a Justiça, em primeira instância, desbloqueou os bens da empresa. Entretando, a União recorreu e, no final de maio, o desembargador federal Fernando Quadros da Silva acatou o pedido e bloqueou os bens. A 3ª Turma analisou nesta terça-feira o mérito da decisão.

A desembargadora federal Vânia Hack de Almeida, relatora do processo, argumentou que o acordo tem vício pela ausência de participação da CGU no processo. “Persiste o interesse no bloqueio de bens , não porque o MPF não pode transacionar sobre as penas, mas porque o acordo de leniência possui vícios que precisam ser sanados para que resulte íntegra sua validade, gerando os efeitos previstos no ato negocial”, diz a desembargadora.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109951 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]