SEPROMI abre Agosto da Igualdade com exposição sobre legado afro-brasileiro

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Convite da exposição 'O Legado Afro Brasileiro'.
Convite da exposição 'O Legado Afro Brasileiro'.
Convite da exposição 'O Legado Afro Brasileiro'.
Convite da exposição ‘O Legado Afro Brasileiro’.

Será inaugurada nesta terça-feira (01/07/2017), às 16 horas, no foyer do Teatro Castro Alves (TCA), a exposição “O legado afro-brasileiro”, abrindo o Agosto da Igualdade, mês de intensas mobilizações e lutas do povo negro. A iniciativa também marca o calendário comemorativo pelos 10 anos de instituição da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e integra as ações da Década Internacional Afrodescendente na Bahia. O evento reunirá artistas, militantes do movimento negro, representações governamentais, dentre outros convidados, animados pelo bloco afro Ilê Aiyê e as cantoras Márcia Short e Juliana Ribeiro.

Na oportunidade, a titular da Sepromi, Fabya Reis, assinará os termos de colaboração do edital Agosto da Igualdade, juntamente com dirigentes das organizações da sociedade civil contempladas. Serão destinados R$ 300 mil, por meio da chamada pública, para o financiamento de sete projetos com foco no resgate dos ideais da Revolta dos Búzios, lembrado ao longo do mês, fazendo um paralelo com as lutas contemporâneas.

A exposição trabalha aspectos da cultura e arte afro-brasileira, com cinco mostras de múltiplas linguagens, abrangendo a vida cotidiana, religiosidade e outros elementos. Abordarão a culinária afro-brasileira, indumentárias das religiões de matriz africana e irmandades negras, além de cores e texturas que remetem aos contextos da ancestralidade. Também há abordagem sobre os banhos, folhas e outros elementos, a exemplo das tradicionais “rezas”, fazendo o encontro entre o popular, a religião e a ciência. Ainda no campo da ancestralidade, a exposição trata dos legados deixados a partir dos povos Bantu, Gege, Nagô, Ketu, Angola e Yorubá.

A exposição tem a curadoria do artista plástico Alberto Pitta, ficando aberta no TCA até o dia 14 deste mês. Também estará instalada na Galeria Solar Ferrão, na rua Gregório de Mattos, no Pelourinho, disponível até o dia 15. A iniciativa é fruto de convênio firmado entre o Governo do Estado, por meio da Sepromi, e o Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR).

Serviço:

O quê: Inauguração da exposição “O legado afro-brasileiro” e abertura do Agosto da Igualdade.

Quando: Terça-feira, 1º de agosto de 2017, às 16 horas.

Onde: Foyer do Teatro Castro Alves – Campo Grande/Salvador.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121760 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.