Salvador é ponto de partida para encontro de Lula com o povo; percurso na Bahia é encerrado com evento em Feira de Santana; confira programação

Secretário estadual Jaques Wagner, governador Rui Costa e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ex-presidente permanece na Bahia por três dias, em agenda por quatro cidades.

Secretário estadual Jaques Wagner, governador Rui Costa e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ex-presidente permanece na Bahia por três dias, em agenda por quatro cidades.

Primeira parada, Salvador, Bahia. É de lá que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dará início, amanhã, quinta-feira (17/08/2017), a viagem pelos nove estados do Nordeste, no projeto Lula Pelo Brasil. O grande percurso será encerrado no dia 5 de setembro, no Maranhão. Durante 20 dias, Lula percorrerá a região de ônibus e passará por 25 cidades.

O objetivo do projeto é ver de perto a realidade brasileira e as grandes transformações pelas quais o Brasil passou nos governos do PT. E isso Lula vai fazer logo na primeira parada, ou melhor, na primeira estação. É que o ex-presidente à primeira atividade na capital baiana de metrô, construído com recursos federais liberados na sua gestão.

Ele deverá participar do lançamento do livro “Comentários a uma Sentença anunciada – O Processo Lula”, ao lado de juristas e advogados, na Pupileira. Ele irá de metrô até o evento, saindo da estação Pituaçu e o lançamento está previsto para coçar me às 17h.

As obras do metrô eram de responsabilidade da prefeitura e ficaram mais de 10 anos paradas, conta o presidente do PT de Salvador, Gilmar Santiago.

“A prefeitura estava na mão dos carlistas, e durante esse período a obra ficou 10, 12 anos parada no mesmo lugar, com muita história de corrupção. Um dos ministros de Michel Temer, o da articulação política, é citado em denúncias do Tribunal de Contas”, relembra Santiago.

Para ele, foi o governo Lula que tornou o metrô de Salvador uma realidade para o povo soteropolitano. “A gente pode dizer que foi nos governos do PT que a gente conseguiu viabilizar o metrô de Salvador, que é umas das maiores obras de infraestrutura e mobilidade dos últimos 50 anos na cidade”, garante o presidente do PT Salvador.

Dando continuidade à agenda na Bahia, nsexta-feira (18), Lula receberá o título de Doutor Honoris Causa, na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cruz das Almas, às 10h. Durante a tarde, o ex-presidente participará do Festival da Juventude, na mesma cidade, às 15h.

Após a atividade, a caravana seguirá para São Francisco do Conde, onde Lula será patrono na colação de grau de estudantes da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), às 19h. As duas universidades foram criadas pelo governo Lula.

Já no sábado (19), Lula estará em Feira de Santana, onde participará de um ato de Defesa das Políticas Públicas para o Semiárido e Agricultura Familiar, às 11h, políticas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e de cisternas que têm sido reduzidas ou desmontadas.

Transformação da primeira capital do Brasil

Outra grande marca do governo Lula em Salvador é no saneamento básico e no abastecimento de água, ampliados nos governos Lula e Dilma Rousseff, pois nesse período foram destinados recursos federais que há mais de 40 anos eram aguardados pela população de Salvador.

Com esses recursos, hoje 97% da população da capital baiana tem água encanada e mais de 80% tem coleta e tratamento de esgoto.

Mas não foi apenas a capital que sentiu a transformação nos governos Lula e Dilma. E quem afirma isso tem propriedade para falar: o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) e atual secretário de Desenvolvimento Econômico do governo do estado, no governo de Rui Costa (PT).

“Lula deixou marcas importantes na Bahia. Durante seu governo, e também no de Dilma, fomos o estado que mais contratou unidades do Minha Casa Minha Vida. Grandes obras estruturantes, na capital e no interior, também tiveram o apoio do presidente”.

É por essas marcas, destaca Wagner, que todos querem a volta de Lula à Presidência, “pela volta do crescimento e redução das desigualdades”.

Além do Minha Casa Minha Vida, da construção de cisternas para combater a seca no interior, o programa Luz para Todos que finalmente colocou as famílias baianas no século XI, dos milhares de beneficiados pelo Bolsa Família, que apenas em Salvador representam mais de 200 mil famílias, uma das maiores revoluções no interior da Bahia aconteceu na área da educação.

Isso porque, por 60 anos, a Bahia só tinha uma universidade federal. Os governos do PT criaram mais cinco. Uma delas, a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), criada por Lula em 2006, é simbólica da mudança feita pelos governos petistas na educação do País. É que 83,4% dos seus estudantes são autodeclarados negros. E a universidade fica numa região predominantemente agrária.

“Lula é essa grande liderança que foi quem fez mais pela educação do nosso País, principalmente considerando que fez com que o pobre, o filho da doméstica e da trabalhadora rural tivesse acesso à universidade”, afirma a ex-deputada federal e atual prefeita de Lauro de Freitas (BA), Moema Gramacho.

Mesmo Lula não passando por Lauro de Freitas, a prefeita de lá não contém a alegria de receber o ex-presidente em seu estado.

“Lula continua disparando nas pesquisas e no coração do povo brasileiro. O povo da Bahia tem um carinho especial por Lula. E começar pelo Nordeste é começar pela origem”, completa Gramacho.

Lula já é cidadão baiano

A prefeita garante que Lula vai se sentir em casa na Bahia, pois já é cidadão baiano, título recebido das mãos da própria Moema.

A expectativa do ex-governador Jaques Wagner com a chegada de Lula à Bahia é a melhor possível. Segundo ele, a população do Nordeste viu sua qualidade de vida melhorar muito quando Lula foi presidente, e demonstrou isso com grandes votações em Lula e Dilma nas últimas eleições presidenciais.

Tenho certeza que os baianos vão às ruas mostrar seu apreço e carinho pelo presidente, mostrando ao Brasil que não há outro caminho para sair da crise econômica e institucional que não seja eleições diretas com Lula candidato

Para o presidente do PT Salvador, o projeto Lula pelo Brasil começar por Salvador “vai dar a energia necessária para que esse projeto seja coroado de sucesso”.

Na avaliação de Gilmar Santiago, é preciso mobilizar mais do que apenas a militância petista para esse momento.

“A gente quer mobilizar toda a população. O povo precisa saber que Lula está sendo perseguido por Moro e todo esse judiciário cego aos interesses do povo, uma justiça manipulada junto com os meios de comunicação”, afirma.

Por isso, segundo Santiago, a passagem de Lula pelo Nordeste será um espaço de construção de um programa para o Brasil.

“Um novo projeto de nação, com novas bases de federalismo, com políticas mais inovadoras do ponto de vista da inserção do nosso povo no processo de produção, do processo de conhecimento, da construção de novas tecnologias, que possam estar a serviço do povo brasileiro”.

Agenda na Bahia

Salvador, dia 17 de agosto, quinta-feira

17:30 horas – recepção de Lula no Campo da Pólvora

18 horas – Ato político com movimentos e partidos na Fonte Nova

Cruz das Almas, dia 18 de agosto, sexta-feira

11 horas – Título de Doutor Honoris Causa na UFRB
14 horas – Festival da Juventude da cidade

São Francisco do Conde, dia 18 de agosto, sexta-feira

18 horas – Ato na UNILAB

Feira de Santana, dia 19 de agosto, sábado

9 horas – Ato em defesa da Agricultura Familiar, na Estação da Música

Redes sociais do JGB

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto

Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]