Radialista Uziel Bueno critica severamente prefeito de Salvador, qualificando ACM Neto como “leviano ou irresponsável com os comandados” e incapaz de gerir a segurança pública

ACM Neto é severamente criticado por Uziel Bueno. Radialista qualificou discurso e ação do prefeito como leviana.
ACM Neto é severamente criticado por Uziel Bueno. Radialista qualificou discurso e ação do prefeito como leviana.
ACM Neto é severamente criticado por Uziel Bueno. Radialista qualificou discurso e ação do prefeito como leviana.
ACM Neto é severamente criticado por Uziel Bueno. Radialista qualificou discurso e ação do prefeito como leviana.

Após repassar, durante o programa da Popular FM, o discurso realizado na quarta-feira (16/08/2017) pelo prefeito de Salvador, o radialista Uziel Bueno expressou severa indignação com a fala e atuação administrativa de ACM Neto (DEM).

No discurso, ACM Neto critica a política estadual de segurança pública e pede demissão do secretário estadual de Segurança Pública da Bahia e do Comandante da Polícia Militar.

Ao comentar o discurso do alcaide, Uziel Bueno ponderou que, no tocante a gestão da Guarda Municipal e da Superintendência de Trânsito do Salvador (TRANSALVADOR) ocorre descontrole total, sendo observadas graves violações contra cidadãos de Salvador. Violações que vão desde de atos de violência praticados por guardas municipais, a excesso de multas expedidas pela Transalvador.

O radialista citou que a população apelidou os guardas municipais como “capitães do mato de ACM Neto” e a Transalvador como “Indústria de Multa”. Uziel Bueno avaliou que o prefeito efetua uma desastrosa gestão e que o discurso e a ação de ACM Neto podem ser qualificadas como “leviana ou irresponsável com os comandados”.

No tocante a segurança pública, de forma enfática, Uziel Bueno afirmou que ACM Neto não tem qualquer competência para gerir ou criticar o setor, observando as graves falhas na gestão municipal.

Confira áudio

Sobre Carlos Augusto 9512 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).