PSDB de São Paulo cometeu ato atentatório a dignidade da Justiça

Senador José Serra (PSDB/SP) deixou dívida da campanha municipal de 2012 em São Paulo sem pagamento. PSDB de São Paulo violou a dignidade da Justiça.

Senador José Serra (PSDB/SP) deixou dívida da campanha municipal de 2012 em São Paulo sem pagamento. PSDB violou a dignidade da Justiça.

Reportagem da TV Justiça, veiculada nesta sexta-feira (11/08/2017), revela que decisão judicial do magistrado Mário Chiuvite Júnior — titular da 22ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo — determinou que 30% dos recursos financeiros e bens do PSDB municipal e estadual de São Paulo fossem penhorados em função de dívidas da campanha de José Serra à prefeito de São Paulo, referentes a eleições municipal de 2012.

Além de penhora, o juiz determinou que fosse aplicada multa 10% por ato atentatório contra a dignidade da Justiça, em decorrência de descumprimento de ordem judicial.

A ação foi proposta por empresa de Comunicação, por descumprimento dos pagamentos contratados pelos PSDB, para a campanha de José Serra em 2012.

Confira vídeo

 

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]