Procuradora-geral da República nomeada convida integrantes do GT Lava Jato para permanecerem nos cargos

Raquel Dodge informou decisão ao procurador-geral da República.

Raquel Dodge informou decisão ao procurador-geral da República.

A procuradora-geral da República nomeada, Raquel Elias Ferreira Dodge, reiterou nesta segunda-feira (14/08/2017), o convite para que todos os membros do Grupo de Trabalho da Lava Jato, em Brasília, permaneçam nos cargos após a sua posse, em 18 de setembro. A informação foi repassada ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em reunião que contou com a participação do vice-procurador-geral da República, do vice-procurador-geral eleitoral, de toda a assessoria de Rodrigo Janot, além dos integrantes da Comissão de Transição indicados por Raquel Dodge.

O GT é formado por nove procuradores que auxiliam o PGR nas investigações decorrentes da Operação Lava Jato que envolvem pessoas com prerrogativa de foro. O convite para a permanência dos membros do GT Lava Jato já havia sido feito por Raquel Dodge durante a campanha à sucessão de Rodrigo Janot. A reunião desta segunda-feira foi a primeira do Grupo de Transição para tratar de assuntos institucionais e foi agendada por Rodrigo Janot.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]