Feira de Santana: vereador Roberto Tourinho declara rompimento com prefeito José Ronaldo e diz que entregou cargos; fissura na base do governo é confirmada

Vereador Roberto Tourinho evidência ressentimento com o apoio do prefeito José Ronaldo à José Carneiro para presidência da Câmara Municipal e anuncia rompimento com o governo.
Vereador Roberto Tourinho evidência ressentimento com o apoio do prefeito José Ronaldo à José Carneiro para presidência da Câmara Municipal e anuncia rompimento com o governo.
Vereador Roberto Tourinho evidência ressentimento com o apoio do prefeito José Ronaldo à José Carneiro para presidência da Câmara Municipal e anuncia rompimento com o governo.
Vereador Roberto Tourinho evidência ressentimento com o apoio do prefeito José Ronaldo à José Carneiro para presidência da Câmara Municipal e anuncia rompimento com o governo.

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), ocorrido nesta segunda-feira (21/08/2017), o vereador Roberto Tourinho (PV) confirmou rompimento com o prefeito José Ronaldo (DEM). Ele declarou que protocolou documento informando ao alcaide que entregava todos os cargos que tinha indicado para compor o governo.

A ação política de Tourinho foi decorrente do fato de se sentir traído pelo prefeito no processo de disputa para presidência da Câmara Municipal, transcorrido nesta segunda-feira (21), no qual foi eleito o vereador ronaldista José Carneiro Rocha (PSDB).

Após anunciar o rompimento, o vereador declamou trecho da poesia de Carlos Drumond de Andrade: “no meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”. A pedra no meio do caminho para a presidência pode ser identificada como o prefeito José Ronaldo.

Concluindo o discurso, Roberto Tourinho citou passagens bíblicas: “a quem é muito dado, muito é cobrado”; “muitos são chamados, mas pouco são escolhidos”; “o caminho para o céu o longo, mas a porta é estreita”, e concluiu, se dirigindo aos ex-colegas da bancada ronalista, “não me cobrem nada”.

Em síntese, a saída do edil Roberto Tourinho evidência mágoa e ressentimento. Segundo fontes, um dos fatores da derrota foi a aproximação com o deputado Targino Machado (PPS), que é considerado demasiadamente independente do prefeito José Ronaldo e hostil a liderança do alcaide.

Roberto Tourinho ocupa pela sétima vez o mandato vereador. Ele é procurador do município licenciado e filho adotivo do ex-prefeito José Falcão da Silva (São Gonçalo dos Campos, 19 de agosto de 1930 – Feira de Santana, 5 de agosto de 1997).

Poesia

Um fato curioso, na escolha das palavras de Tourinho, foram as citações, principalmente no tocante a poesia de Drumond, que versa:

“— No meio do caminho tinha uma pedra

Tinha uma pedra no meio do caminho

Tinha uma pedra

No meio do caminho tinha uma pedra

— Nunca me esquecerei desse acontecimento

Na vida de minhas retinas tão fatigadas

Nunca me esquecerei que no meio do caminho

Tinha uma pedra

Tinha uma pedra no meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra.”

*’No meio do caminho’, poesia de Carlos Drummond de Andrade.

Confira vídeo

Leia +

Morte do vereador Reinaldo Miranda promove mudança na composição do legislativo feirense; disputa para comandar Câmara Municipal é intensa

Vereador José Carneiro amplia apoios e deve ser eleito presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana

Violação ao princípio da legalidade é observado em eleição para presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana; morto, Reinaldo Miranda (Ronny) ainda preside Poder Legislativo

Presidente interino da Câmara Municipal de Feira de Santana foi acionado por abuso de poder; confira íntegra da decisão judicial

Desembargadora Marcia Faria confirma decisão do juiz Gustavo Hungria que determina eleição para presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana

Vereador Ewerton Carneiro anuncia eleição para presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana; Roberto Tourinho pode deixar grupo ronaldista e ingressar na oposição

Vereador José Carneiro Rocha é eleito presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; disputa deixa fissura na base ronaldista

Sobre Carlos Augusto 9462 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).