Feira de Santana: vereador lamenta crime ocorrido na Rua Nova e cobra providências do Estado

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Ewerton Carneiro (Tom): onde ficam os responsáveis pela segurança pública na Bahia?
Ewerton Carneiro (Tom): onde ficam os responsáveis pela segurança pública na Bahia?
Ewerton Carneiro (Tom): onde ficam os responsáveis pela segurança pública na Bahia?
Ewerton Carneiro (Tom): onde ficam os responsáveis pela segurança pública na Bahia?

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta terça-feira (22/08/2017), o vereador Ewerton Carneiro (Tom, PEN), lamentou o crime ocorrido no último domingo (20) no Campo Beira Riacho, localizado no bairro Rua Nova, onde um homem morreu e três foram baleados. O edil cobrou providências do Estado para combater a violência crescente no munícipio de Feira de Santana.

“A Rua Nova está de luto, está triste por essas pessoas que foram alvejadas sem razões. No domingo pela manhã aconteceu ali uma tragédia naquele espaço no último domingo, quando um criminoso foi tirar a vida de uma pessoa e em sua ação três pessoas foram baleadas. E assim fico me perguntando: onde ficam os responsáveis pela segurança pública na Bahia? Sabemos que existe hoje uma guerra do tráfico, com a disputa entre as facções. Onde fica as autoridades quando os policiais fazem um bom trabalho, prendem os marginais, a justiça faz audiência de custódia, solta os marginais e esses saem rindo da cara dos policiais”, questionou.

Na oportunidade, o edil anunciou a liberação de verba, através de emenda do deputado Targino Machado, para reforma do referido campo, atendendo indicação de sua autoria. “O único lazer que temos na Rua Nova é a praça esportiva do Beira Riacho, mas não podemos entrar porque os marginais estão tomando conta. Nessa reforma, como discutimos anteriormente com a comunidade em reunião com prefeito, será instalado um portão maior na Rua Platina, uma rua sem saída, por onde os marginais entram. É uma rua que não possui saída para carros”, informou.

O edil criticou a falta de ação da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Ele pontuou a necessidade de apoio do Governo do Estado para reverter o quadro atual da segurança pública do Estado, informando que os policiais têm combatido o bom combate e afirmando não perceber ações da secretaria responsável para combater de forma eficaz a marginalidade.

“O crime está ganhando força na Bahia e não adianta vir com discurso de que o secretário de Segurança Pública está resolvendo porque não está. A população tem conhecimento que hoje um marginal tem mais vez que o cidadão. Quero deixar bem claro que não estou preocupado com bandido que está morrendo, e nem com bandidos que estão matando uns aos outros em brigas de facções, mas, sim, com o fato deles virem tirar a vida de outros marginais e levar a vida de pais e mães de família”, afirmou Tom.

Em aparte, o vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), afirmou que a população baiana está vivenciando um momento de terror na segurança pública. “É um verdadeiro momento de terror a violência que se alastra em toda a Bahia. Nos últimos dias houve tiroteio no Feira X, com vítimas, com pessoas baleadas por bala perdida. São cerca de 3 mil pessoas assassinadas na Bahia por mês. Essa é a pior guerra já vivida na Bahia, como tem ocorrido no Rio de Janeiro”, destacou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122986 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.