Corpo de menina de 12 anos é procurado na Baía de Todos os Santos; ela é considerada possível vítima do naufrágio da embarcação Cavalo Marinho I

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Lancha Cavalo Marinho I, após naufragar, encalha em recife de corais, em frente a praia de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, Baía de Todos os Santos. Tripulantes e passageiros deram depoimentos às equipes que apuram as circunstâncias do acidente que deixou 18 mortos na Baía de Todos os Santos.
Lancha Cavalo Marinho I, após naufragar, encalha em recife de corais, em frente a praia de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, Baía de Todos os Santos. Tripulantes e passageiros deram depoimentos às equipes que apuram as circunstâncias do acidente que deixou 18 mortos na Baía de Todos os Santos.
Lancha Cavalo Marinho I, após naufragar, encalha em recife de corais, em frente a praia de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, Baía de Todos os Santos. Tripulantes e passageiros deram depoimentos às equipes que apuram as circunstâncias do acidente que deixou 18 mortos na Baía de Todos os Santos.
Lancha Cavalo Marinho I, após naufragar, encalha em recife de corais, em frente a praia de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, Baía de Todos os Santos. Tripulantes e passageiros deram depoimentos às equipes que apuram as circunstâncias do acidente que deixou 19 mortos na Baía de Todos os Santos.

Os agentes de busca pelas vítimas do naufrágio ocorrido na última quinta-feira (24/08/2017) na Baía de Todos-os-Santos continuam à procura do corpo de uma menina de 12 anos de idade. A busca pela criança – que seria a vigésima morte confirmada no acidente – começou depois que parentes registraram o desaparecimento dela na delegacia de Vera Cruz.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, a tia da menina informou aos policiais que a garota “foi colocada praticamente dentro do barco”, para que a mãe a recebesse no desembarque em Salvador. A Polícia Civil continua com inquérito aberto para apurar as causas do acidente e informou que ouviu, até o momento, 112 pessoas a respeito da tragédia, incluindo a tia da menina desaparecida, tripulantes e o proprietário da empresa responsável pela embarcação.

Na 24ª Delegacia Territorial de Vera Cruz, as vítimas e os familiares continuam recebendo os pertences encontrados em alto-mar, desde que apresentem documento de identificação. As travessias entre Mar Grande e Salvador foram retomadas ontem (29), sob autorização da Marinha, que havia liberado o serviço para a última segunda-feira (28). No entanto, um protesto de familiares das vítimas impediu a retomada dos trabalhos, que foi adiada por um dia. Durante o protesto, eles alegaram falta de segurança nas travessias.

Naufrágio

O acidente com a embarcação Cavalo Marinho I, de propriedade da empresa CL Transporte Marítimo ocorreu às 06:30 horas, de quinta-feira (24/08/2017), nas proximidades de Mar Grande, na Baía de Todos os Santos, durante a travessia que parte do Terminal de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, com destino ao Terminal Náutico, em Salvador. 129 pessoas estavam abordo da lancha, 19 morreram e 1 está desaparecido.

*Com informações de Sayonara Moreno, da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113709 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]